Sucessor do Mi Mix Fold terá câmera escondida abaixo da tela

Sucessor do Mi Mix Fold terá câmera escondida abaixo da tela

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 26 de Novembro de 2021 às 12h13
Divulgação/Xiaomi

A Xiaomi já tem planos avançados em relação ao lançamento da próxima geração do Mi Mix Fold, com o objetivo de consolidar a companhia no mercado de dispositivos dobráveis e fazer frente à Samsung com o Galaxy Z Fold 3, aparelho mais popular entre os produtos com tela flexível até o momento.

Tela interna do Mi Mix Fold tem taxa de atualização de apenas 60 Hz (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A marca chinesa não deverá fazer grandes revoluções no sucessor do Mi Mix Fold, mas sim realizar alguns ajustes e melhorias pontuais que farão com que o novo celular alcance as características do seu principal concorrente. A tela interna, que atualmente traz uma taxa de atualização comum de 60 Hz, terá imagens mais fluidas a partir do próximo modelo — porém, ainda não se sabe quais serão as especificações do display, ou seja, se ele virá com 90 Hz, 120 Hz ou até mais.

Além disso, o celular virá com uma câmera escondida abaixo do display como acontece com o Galaxy Z Fold 3. Assim como no modelo da Samsung, ela deverá ser posicionada na tela interna, que oferecerá uma experiência mais natural sem a presença de furos ou entalhes. Porém, os sensores posicionados em câmeras desse tipo ainda costumam ter qualidade bastante inferior aos que são equipados nos outros flagships atuais.

O que esperar do sucessor do Mi Mix Fold

Próximo dobrável da Xiaomi manterá o alto poder de processamento (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Outras especificações do novo dobrável da Xiaomi não foram reveladas, mas caso siga as características do modelo já existente, ele terá bastante poder de processamento com um componente da linha Snapdragon 8 Gen 1, a mais forte da Qualcomm para 2022. O conjunto de desempenho será completado com versões de até 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno.

A tela interna do Mi Mix Fold atual tem resolução de 2480 x 1860 pixels, com 8,01 polegadas e 900 nits de brilho máximo — estas características poderão permanecer as mesmas no novo modelo. Enquanto isso, o conjunto de câmeras tem sensor principal Samsung S5KHM2 de 108 MP, a ultrawide traz 13 MP e a telefoto/macro tem 8 MP. Ele tem suporte para carregamento rápido de até 67 W com bateria de 5.020 mAh, tamanho que pode ser considerado bastante satisfatório para o mercado de smartphones dobráveis.

Porém, a aquisição do celular dobrável continuará sendo privilégio para poucos. A Xiaomi não tem planos de diminuir o preço do próximo Mi Mix Fold — que deve receber uma nova nomenclatura sem o "Mi" — de forma considerável, e ele virá por um valor similar aos 10 mil yuans (cerca de R$ 8,76 mil em conversão direta) cobrados pelo aparelho atual.

Fonte: AnTuTu

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.