Snapdragon 775G pode ser até 50% mais rápido que antecessor; entenda por quê

Por Diego Sousa | 25 de Setembro de 2020 às 10h30
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

O popular informante Roland Quandt divulgou nesta semana mais detalhes sobre o que devemos ver no Snapdragon 775G, próximo chip intermediário premium da Qualcomm previsto para ser apresentado em dezembro deste ano ao lado do 875. Diferentemente do topo de linha, que será fabricado em 5 nanômetros (nm), o 775G deve ser o primeiro da empresa no processo de 6 nm.

No entanto, a mudança da litografia não deve ser considerada um retrocesso em relação à geração passada, quando tanto o 865 quanto o 765G foram lançados com fabricação em 7 nm. Isso porque, segundo as informações, a previsão é de que a nova tecnologia resulte em uma melhora de até 40% na CPU e 50% na GPU quando comparado com seu antecessor.

Além disso, o chipset deve suportar telas com frequência de atualização de 120 Hz, além de até 12 GB de memória RAM LPDDR5 e até 256 GB de armazenamento em flash UFS 3.1, sem contar com o suporte a redes 5G sub-6GHz e mmWave (ondas milimétricas).

O novo chip deve ser apresentado durante o Qualcomm Snapdragon Summit 2020, previsto para dezembro deste ano, em caráter online devido às medidas de distanciamento social para barrar a disseminação da COVID-19. Tanto o topo de linha Snapdragon 875 quanto sua versão Plus também podem ser oficializados na ocasião.

Fonte: Roland Quandt (Twitter)  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.