Samsung lança novos sensores de câmera e promete mais megapixels para todos

Por Rubens Eishima | 15 de Setembro de 2020 às 14h00
Samsung
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

A divisão da Samsung especializada em sensores fotográficos anunciou nesta terça-feira (15) quatro novos modelos para a sua família ISOCELL. Segundo a empresa sul-coreana, os novos componentes foram projetados para oferecer resoluções ainda mais elevadas para celulares de todas as categorias de preço.

Os quatro novos sensores da marca cobrem diferentes categorias e faixas de resolução:

  • ISOCELL HM2 — 108 megapixels;
  • ISOCELL GW3 — 64 megapixels;
  • ISOCELL GM5 — 48 megapixels;
  • ISOCELL JD1 — 32 megapixels.

O destaque da nova família de sensores é a adoção de pixels com 0,7 micrômetros (μm), menores do que os normalmente utilizados no mercado. A empresa citou como exemplo que um sensor com pixels de 0,8 μm e mesma resolução ocupa 15% a mais de espaço do que um modelo equivalente da nova linha. Isso não apenas permite usar mais megapixels em uma mesma área, mas também oferece a opção de usar um módulo de câmera menor com a mesma resolução, economizando espaço para outros componentes, como a bateria.

Para compensar a menor sensibilidade à luz dos pixels menores, a Samsung otimizou sua tecnologia ISOCELL para reter mais luz aproveitando as (minúsculas) áreas entre os pontos. Para o futuro, a empresa anunciou que a segunda geração da linha ISOCELL trará ainda mais melhorias à captação de luz, com a promessa de até 12% a mais de sensibilidade, compensando a miniaturização de mais e mais pixels nos sensores de celulares.

“Paredes” entre os pixels ajudam a capturar a luz no sensor (imagem: Samsung)

108 megapixels puxa a fila

Carro-chefe dos novos componentes, o ISOCELL HM2 conta com os mesmos 108 megapixels do antecessor HM1 — usado no Galaxy S20 Ultra — ao mesmo tempo em que ocupa uma área 10% menor, graças à redução do tamanho dos pixels. Assim como os sensores topo de linha da Samsung Semiconductor, o HM2 conta com o recurso de combinar as informações de luz registradas por nove pixels em um só — técnica batizada de NonaCell — para melhorar a definição de imagem.

Para celulares intermediários e básicos, os outros três sensores são oferecidos como opções de custo-benefício, trazendo mais resolução e a combinação de luz de quatro pixels (TetraCell). Tais características se destacam especialmente no modelo GW3, com 64 megapixels e opção de estabilização eletrônica de imagem, além de gravação de vídeos em resolução 4k a 60 quadros por segundo (fps).

O sensor GM5 é voltado para uso com lentes telescópicas ou grande-angulares, com capacidade de gravação de vídeos com até 480 quadros por segundo em resolução Full HD. Já o ISOCELL JD1, com 32 MP, é apresentado como opção para câmeras de selfie, ocupando o mesmo espaço que componentes de 20 ou 16 megapixels.

Nova gama já está disponível para os fabricantes de celulares (imagem: Samsung)

Segundo a Samsung, os sensores já estão em produção, mas a empresa não informou quais modelos de celulares devem estrear os novos componentes.

Fonte: Samsung

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.