Samsung confirma lançamento da linha Galaxy M no Brasil

Por Felipe Demartini | 17 de Abril de 2019 às 11h15
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Com um convite "misterioso" e com poucas informações, a Samsung confirmou a chegada da linha Galaxy M ao Brasil. A fabricante está convidando jornalistas para um evento na próxima quarta-feira (24), mas não deu mais detalhes sobre o que veremos por lá. A expectativa, entretanto, é que os três modelos de entrada já lançados na Índia, por exemplo, também deem as caras por aqui.

Para a família M de smartphones, a Samsung apostou em um sistema um pouco diferente do usual. Tomando nota das fabricantes chinesas, os aparelhos são vendidos exclusivamente pela internet e, apesar de serem voltados para o mercado de baixo porte, trazem características que chamam a atenção nos smartphones mais avançados, como a tela que toma conta de toda a parte frontal (jogando o sensor de impressões digitais para a parte de trás) e o notch waterdrop na parte superior para abrigar a câmera.

Convite enviado para a imprensa revela chegada da linha Galaxy M, da Samsung, ao Brasil (Imagem: Reprodução/Joyce Macedo)

Os sensores de fotografia, aliás, são outro fator de diferenciação. O Samsung Galaxy M30, que lidera a família, tem um trio de câmeras na parte traseira, sendo uma de 13 megapixels e outras duas com 5 MP cada. Os irmãos menores, M20 e M10, abrem mão do terceiro componente, mas mantêm os outros dois.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mudam também os tamanhos de tela, com os aparelhos tendo, respectivamente, 6,2, 6,3 e 6,4 polegadas. Essa escadinha também aparece em outros aspectos como o armazenamento interno (16 GB para o M10, 32 GB no M20 e 64 GB no M30) e memória RAM: 2 GB, 3 GB e 4 GB para os aparelhos, em ordem crescente.

Vale a pena citar, ainda, que os modelos Galaxy M20 e M30 contam com bateria de 5.000 mAh, enquanto o M10 tem 3.400 mAh de capacidade. A versão mais em conta também deixa de lado o sensor biométrico, apostando em métodos de autenticação mais antigos, assim como no carregamento tradicional, sem tecnologia quick charging.

Tais fatores, é claro, também resultam em preços menores, principalmente no caso do irmão menor desta família. Na Índia, país em que a linha foi lançada em fevereiro deste ano, o M10 custa o equivalente a R$ 450, enquanto o M20 sai por cerca de R$ 650 e o M30, aproximadamente R$ 850. É claro, estamos falando de países com realidades diferentes e, na chegada ao Brasil, tais preços não devem ser praticados. Por outro lado, servem para dar uma noção do que é possível esperar, já que a estratégia da fabricante, mesmo por aqui, é lançar dispositivos que custem menos de R$ 1 mil.

Vale a pena citar, também, a recente estratégia da Samsung, que está deixando de lado a linha J para substitui-la pela Galaxy A em todo o mundo. O mesmo, agora, vale também para os aparelhos da família M, que vêm para substituir os dispositivos On com o mesmo modelo de exclusividade para venda online e foco no público de entrada.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.