Rumor: Apple pode mudar estratégia de lançamento dos iPhones em 2020

Por Rafael Rodrigues da Silva | 02 de Dezembro de 2019 às 18h30
Expert Reviews
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Desde 2017, a Apple todos os anos tem lançado sempre três modelos diferentes do iPhone, estratégia que já se tornou uma espécie de “marca” recente da empresa. Mas, de acordo com alguns analistas do fundo de investimentos JP Morgan revelaram para o site Apple Insider, a empresa estaria se preparando para mudar toda a sua estratégia de lançamento dos iPhones, e que essa mudança já deverá acontecer no iPhone 12, que será lançado em 2020.

De acordo com esses analistas, a Apple estaria desenvolvendo para o ano que vem quatro modelos do iPhone: dois com tela de 6,1 polegadas, um com tela de 5,4 polegadas e outro com tela de 6,7 polegadas, e enquanto dois desses tamanhos seriam relativos ao iPhone 12 comum, os outros dois seriam ao iPhone 12 Pro.

Segundo os analistas, o menor modelo (o de 5,4 polegadas) será o mais barato de todos os quatro, sendo considerado pela empresa como um iPhone compacto de “baixo orçamento”. voltado para o público que se interessa pelos modelos menores, como o iPhone SE e o iPhone 8. Apesar de compacto, o aparelho virá com duas câmera traseiras (assim como o iPhone 11) e tela de OLED (como o iPhone 11 Pro). Não se sabe exatamente qual será o nome dele, mas é possível que esse seja o “iPhone 12”, já que rumores apontam que o modelo um pouco maior do mesmo aparelho (que terá as mesmas especificações, mas com um tela de 6,1 polegadas) será chamado de iPhone 12 Plus ou iPhone 12 Max.

Além destes dois, a Apple também deverá lançar dois novos modelos da linha Pro, um com tela de 6,1 polegadas (que deverá ser o iPhone 12 Pro) e um com tela de 6,7 polegadas (que deverá ser o iPhone 12 Pro Max). Ambos deverão ter quatro sensores traseiros (três lentes de câmera e mais um sensor para escaneamento em 3D) e uma tela de OLED que deverá diminuir ainda mais o tamanho das bordas da tela, mas que deverá utilizar um notch para a câmera frontal.

Independente de fazer parte da linha Pro ou não, todos os quatro modelos de iPhone lançados no ano que vem já deverão vir com suporte às redes 5G, e todos conseguirão conectar nos espectros usados nas infraestruturas existentes nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia.

Os analistas da JP Morgan também revelaram que a Apple deverá manter a estratégia de quatro modelos nos próximos anos, mas que a partir de 2021 farão uma nova mudança: ao invés de lançar todos eles juntos em meados de setembro como sempre fez, a empresa fará o lançamento dos modelos mais “básicos” durante o primeiro semestre, e reservará o segundo para o lançamento dos dois modelos da linha Pro. Essa mudança seria uma forma da empresa competir com algumas de suas principais concorrentes, como a Samsung, a Xiaomi e a Huawei, que lançam novos modelos de smartphones ao longo de todo o ano.

Fonte: Phone Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.