Quais os celulares usados pela equipe do Canaltech? Confira!

Por Douglas Ciriaco | 04 de Abril de 2020 às 09h30

É bem provável que você já tenha se feito a pergunta acima em algum momento enquanto lia nossas notícias ou assistia a nossas análises sobre o universo mobile. E se a curiosidade vinha batendo forte aí, nós tratamos de acabar com ela agora mesmo, pois chegou a hora de saber qual celular o pessoal do Canaltech utiliza em seu dia a dia.

Foi um tanto trabalhoso compilar todos esses dados, afinal são dezenas de pessoas — eu ainda coloquei um campo aberto para observação na pesquisa e, olha, nós temos sempre muito a dizer —, mas aqui está o resultado. Sem mais enrolação, vamos a um resumo geral da pesquisa realizada entre todos nós.

Quais os modelos usados por quem faz o CT?

O aparelho mais comum em nosso time (incluindo pessoas de diferentes áreas, não apenas a redação) é o iPhone XS Max — são quatro unidades. Em segundo lugar vêm o iPhone 11 Pro Max e o iPhone 7 — três de cada. Em terceiro lugar, todos com duas unidades cada, vêm os seguintes modelos: Galaxy S10+, iPhone 6s, iPhone 7 Plus, iPhone SE, iPhone XR e Zenfone 5. O restante dos modelos citados é um aparelho de cada.

O panorama geral, então, fica assim:

(Imagem: Francielle Lima/Canaltech)

Quando olhamos para as marcas mais comuns, a Apple domina com folga a preferência da turma do CT: são 19 unidades — quase 45% das pessoas que responderam à pesquisa. Em segundo lugar está a Samsung, com 12 aparelhos, seguida da Motorola, em terceiro, com quatro smartphones.

(Imagem: Francielle Lima/Canaltech)

Trocar ou não trocar? Eis a questão

Foi perguntado à equipe do Canaltech quem pretende trocar de aparelho este ano e 23 pessoas disseram que não. Entre os 16 que querem adquirir um novo modelo, o principal "alvo" é o iPhone 11, objeto de desejo de quatro pessoas. Logo depois estão o iPhone 12 e o iPhone 11 Pro Max (duas pessoas cada).

(Imagem: Francielle Lima/Canaltech)

Fala, Canaltech

Algumas pessoas deixaram relatos sobre a sua relação com o seu smartphone, seus desejos celularísticos para o futuro próximo e tudo mais. Aqui estão alguns deles (acredite, eram muitos e infelizmente tivemos que fazer uma seleção):

Aline Rossi

  • Gerente de marketing
  • Modelo atual: Moto Z3 Play
  • Pretende trocar este ano: não

"Maravilhoso para mim, principalmente sua bateria que dura muuuito, carrega rápido — e não trava, como outros por aí."

Camila Rinaldi

  • Editora-chefe
  • Modelos atuais: Pixel 3 e iPhone 11 Pro Max
  • Pretende trocar este ano: não

"Eu vivo com dois corações. Ambos os aparelhos são excelentes, mas como o iPhone está uma geração além do Pixel, a tendência é que seja melhor. Agora, nos dois casos, o que me atrai é o sistema operacional puro, que chega junto com a desenvolvedora do hardware — neste caso, Android e iOS. Por muito tempo, fui superfã da Samsung, que me conquistou com os Galaxy S7 e S8. Porém, hoje, sou muito feliz com meu Pixel 3 e meu iPhone 11 Pro Max."

Claudio Yuge

  • Repórter/redator
  • Modelo atual: Galaxy A50
  • Pretende trocar este ano: não

"Como não uso para tudo, ou seja, não o uso como um computador, ele dá conta de navegação, alguns games simples, comunicação e fotos sem grandes requintes. É rápido, a bateria dura bastante e dá para assistir vídeos curtos numa boa também. O custo-benefício é OK também."

Domingos Hypolito Neto

  • Diretor
  • Modelo atual: iPhone 11 Pro Max
  • Pretende trocar este ano: sim, por um iPhone 12

"Uso o último porque compramos no CT, mas, para mim, ele é como um canhão para matar formigas. Uma versão de três anos atrás me atenderia perfeitamente."

Douglas Ciriaco

"O único grande defeito do A8+ é a sua câmera traseira, porque no geral o aparelho tem desempenho e acabamento ótimos. A tela é incrível e a câmera de selfie é poderosa, apesar de eu nem usar tanto. Mas eu derrubei ele na calçada, parte da tela espatifou e desde então eu espero uma promoção matadora do S10e para realizar a troca. Me ajuda, Samsung!"

Felipe Demartini

  • Repórter/redator
  • Modelo atual: iPhone XR
  • Pretende trocar este ano: não

"Um iPhone 4 foi o melhor celular que já tive na vida, e agora essa experiência está se repetindo. Jamais pagaria o valor normal cobrado pela Apple, mas em uma promoção e pela longevidade, vale a pena pagar pelo iOS, já que nenhum Android, por melhor que fosse, durou na minha mão pelo mesmo tempo sem me irritar ou apresentar lentidão. Não pretendo sair do iOS novamente, para ser sincero."

Felipe Ribeiro

"Depois de quatro anos utilizando o aparelho e mesmo ele não me deixando na mão em momento algum (menos quando o assunto é bateria), está na hora de trocar e fazer um upgrade."

Felipe Szatkowski

  • Diretor
  • Modelo atual: iPhone 11 Pro Max
  • Pretende trocar este ano: sim, por um iPhone 12

"Só troco porque pegamos o novo para análise anualmente. A vantagem de ter um iPhone é esta: você vende o atual por um ótimo preço (se bem cuidado) e só paga a diferença para o novo. Vendendo no Brasil e comprando o novo na gringa, a conta fecha lindamente."

Isabel Cristina

  • Analista de SEO
  • Modelo atual: Zenfone 5
  • Pretende trocar este ano: não

"Nao tenho problema com bateria e não trava muito."

Natalie Rosa

  • Repórter/redatora
  • Modelo atual:
  • Pretende trocar este ano: sim, por um iPhone XR

"16 gb de armazenamento é inviável em 2020."

Patricia Gnipper

  • Editora de conteúdo
  • Modelo atual: iPhone SE
  • Pretende trocar este ano: sim, por um iPhone 11

"Uso o SE desde o lançamento, gosto dele pelo tamanho compacto e sei que vou xingar muito no Twitter quando comprar o 11 (até me acostumar com o tamanhão). Mas claro que um aparelho com quase quatro anos de uso tem componentes desgastados (oi, bateria!) e o desempenho já deixa a desejar. Mantive ele em 2019 porque a Apple foi gente boa e liberou o iOS 13 pro SE, mas como o iOS 14 não vai ser compatível, já estamos quase nos 45 do segundo tempo para comprar um iPhone mais atualizado."

Rubens Eishima

"Comprei apenas porque meu aparelho anterior foi roubado. Assim como o atual, era um topo de linha do ano anterior à data de compra e estava com preço de intermediário, e o Windows 10 pro celular reserva já tinha sido abandonado."

Talita Ruiz

  • Comercial
  • Modelo atual: Galaxy A8
  • Pretende trocar este ano: não

"Atende as minhas necessidades, mas logo, logo deixará de atender por conta das atualizações. Trocaria por isso ou por sempre quebrar todos os meus aparelhos."

E aí, matou a sua curiosidade? Gostou de saber um pouco mais sobre as pessoas que fazem Canaltech? Deixa a sua opinião aí nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.