Por causa do Note 10? Samsung aumenta produção de nova memória RAM de 12 GB

Por Felipe Ribeiro | 18 de Julho de 2019 às 14h45
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy Note 10

Ficha técnica

A Samsung anunciou que aumentou a produção em massa da primeira DRAM móvel de 12 GB LPDDR5 da indústria. Esse chip é otimizado para ativar recursos de 5G e inteligência artificial em futuros smartphones e, como o Galaxy Note 10 é o próximo topo de linha da empresa, há uma grande chance de que essa nova memória o equipe.

Apesar deste anúncio da gigante coreana, já era esperado que uma variante de 12 GB de RAM esteja disponível para o Galaxy Note 10. Ele pode, obviamente, ser limitado a configurações mais caras e com maior armazenamento a bordo, corroborando com rumores recentes de que o novo flagship da empresa apareça com até 1 TB de armazenamento interno.

Um ano atrás, a Samsung também havia feito anúncio parecido, com o aviso de que estava produzindo a primeira DRAM LPDDR5 de 8 GB para smartphones, poucas semanas antes do lançamento do Galaxy Note 9.

Imagem: Samsung

Este novo chip de memória vem quatro meses depois que a Samsung começou a produzir em massa a geração anterior de 12 GB LPDDR4X. Ele é baseado no mais recente processo de 10nm de segunda geração da empresa, com uma taxa de dados de 5.500 M /s, sendo aproximadamente 1,3 vezes mais rápido do que o LPDDR4X de 4266 Mb/s.

Quando transformado em um pacote de 12 GB, o LPDDR5 pode transferir 44 GB de dados, o equivalente a 12 filmes full-HD, em apenas um segundo. Também há ganhos de eficiência a serem obtidos. O novo chip usa 30% menos energia do que seu antecessor graças a um novo projeto de circuito que melhorou o clock.

A empresa diz que espera desenvolver um chip DRAM móvel de 16 GB LPDDR5 este ano.

Fonte: SamMobile

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.