Pixel 4 | Desbloqueio facial terá segurança reforçada em breve

Por Felipe Ribeiro | 21 de Outubro de 2019 às 17h14
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Os Pixel 4 e 4 XL são os primeiros smartphones da Google a ter um recurso de segurança para desbloqueio de rosto semelhante ao Face ID da Apple, mas eles têm uma falha latente: o telefone pode ser desbloqueado por uma simples foto de seu usuário, que nem precisa estar de olhos abertos. Por exemplo: se você estiver dormindo e alguém bater uma foto sua com outro celular e mostrá-la ao Pixel 4, o smartphone poderá ser usado. A gigante das buscas, no entanto, promete corrigir isso, mas não agora.

Diferentemente dos novos Pixels, a Apple exige um tipo de interação diferenciada com o detector facial dos iPhones, pedindo movimentações, olhos abertos ou fechados e outras ações que comprovem que você está mesmo querendo desbloquear o aparelho. Ao The Verge, a Google disse que está fazendo basicamente a mesma coisa.

Apesar da falta desse recurso, a Google afirma que o telefone ainda oferece boa dose proteção. Por exemplo: não é possível desbloqueá-lo com uma máscara da pessoa. Algo que soa bizarro, na verdade. A dica para evitar este trote da foto — ou da máscara — é acrescentar uma senha numérica ao desbloqueio facial até que a empresa corrija isso, ou simplesmente, desativá-lo.

Imagem: Google

Veja o comunicado oficial da Google sobre o tema:

Estamos trabalhando em uma modificação para que os usuários tenham que manter seus olhos abertos para desbloquear o telefone, que será entregue em uma atualização de software nos próximos meses. Enquanto isso, se algum usuário do Pixel 4 estiver preocupado com a possibilidade de alguém pegar seu telefone e tentar desbloqueá-lo enquanto seus olhos estão fechados, eles podem ativar um recurso de segurança que requer um pin, desbloqueio padrão ou senha. O desbloqueio facial do Pixel 4 atende a fortes requisitos de segurança e pode ser usado para pagamentos e autenticação de aplicativos, incluindo apps bancários. Ele, inclusive, é resistente a tentativas inválidas de desbloqueio por outros meios, como máscaras.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.