O que fazer quando a câmera do celular fica embaçada?

O que fazer quando a câmera do celular fica embaçada?

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 09 de Abril de 2022 às 13h00
iGeeksNews

As câmeras estão entre os aspectos mais importantes de um celular, mas ao mesmo tempo possuem componentes bastante sensíveis a danos provocados por problemas internos ou externos. Por isso, é possível que as imagens capturadas por um determinado dispositivo fiquem embaçadas ou sem o foco correto, e o Canaltech te ajuda a descobrir as possíveis causas e como resolver.

Câmeras embaçadas podem ser resultado de fatores internos ou externos (Imagem: iGeeksNews)

Existe uma grande variedade de causas para imperfeições em fotos e vídeos: alguns problemas podem ser resolvidos pelo próprio usuário em casa, enquanto outros exigirão o auxílio de algum técnico especializado. É possível conferir abaixo alguns motivos que podem estar atrapalhando a experiência, assim como sugestões de soluções.

Fatores que podem embaçar a câmera

1. Lente obstruida: começando de fora para dentro, o motivo mais comum que causa a perda de qualidade das fotos é a presença de substâncias externas na superfície da lente, como sujeiras ou marcas de dedo. Caso o celular seja novo, também é possível que esta área esteja revestida por uma película plástica, que pode afetar o funcionamento das lentes.

2. Foco errado: em geral, câmeras de celulares operam com o foco automático ativado para facilitar a captura de fotos de uma maneira mais rápida e precisa. Porém, esse recurso pode estar focando algum elemento indesejado, em vez dos objetos/pessoas que estão na área desejada.

3. Problemas de software: é possível que o aplicativo de câmera esteja desatualizado e não receba mais o suporte da fabricante, especialmente em celulares mais antigos.

4. Problemas de posicionamento das peças: câmeras são repletas de componentes móveis, tanto em smartphones quanto em dispositivos mais profissionais. Celulares com estabilização óptica de imagem (OIS, na sigla em inglês) possuem lentes e/ou sensores que se movimentam para compensar tremidas — e estas peças podem ficar presas em posições que não são favoráveis para a obtenção do foco perfeito.

5. Umidade externa/interna: a construção de uma câmera de celular é pensada para evitar que exista um contato direto dos componentes mais importantes com o ambiente externo. Porém, essa vedação pode falhar por conta de choques físicos ou outras situações específicas, e a entrada de umidade acontece caso o dispositivo seja exposto à chuva ou mergulhado, por exemplo. Naturalmente, a formação de gotas também pode acontecer na parte externa do vidro, o que também afetará a qualidade das fotos.

6. Excesso de dados no app de câmera: aplicativos de câmera costumam guardar arquivos temporários que facilitam a abertura e realização de diversas funções. É possível que eles estejam causando algum problema de operação, impossibilitando o foco correto. Além disso, não são raros os casos em que atualizações de software causaram inconsistências no uso da câmera.

7. Objetos em movimento: além do foco, outros parâmetros da câmera atuam de forma automática por padrão, como a velocidade de obturador. Por isso, animais ou outros objetos em movimento não serão capturados como se estivessem estáticos — a probabilidade de a imagem ficar borrada aumenta de acordo com a velocidade do elemento, e também das condições de iluminação do ambiente: quanto mais escuro, mais difícil é tirar uma foto satisfatória de algo que não está parado.

Como desembaçar a câmera do celular

Muitos problemas de foco podem estar relacionados com o aplicativo de câmera (Imagem: XDA Developers)

Algumas ações mais simples podem melhorar a qualidade das fotos capturadas, mas outros casos exigirão soluções mais complexas — inclusive com o auxílio de técnicos especializados:

1. Limpar a câmera: se alguma substância externa estiver atrapalhando o funcionamento da câmera, a limpeza deve sempre ser feita com um pano macio, de preferência seco. Recomenda-se que a aplicação seja realizada com cuidado, sempre com a certeza de que não há pequenas partículas sólidas que podem riscar o vidro posicionado diretamente acima das lentes;

2. Ajustar o foco: por meio de toques na tela, é possível mudar a distância de foco com rapidez e facilidade. Caso esta ação não dê resultados, é conveniente ter certeza que o aplicativo de câmera está com o "tocar para focar" habilitado (lembrando que isso só funciona em modelos com câmera compatível com autofoco).

Além disso, o simples ato de alternar entre os modos de câmera pode fazer com que o foco volte a funcionar, então vale a tentativa. Também é possível alternar o elemento principal da cena por alguns segundos, para que a identificação dos objetos seja reiniciada;

3. Procurar por atualizações: normalmente, os aplicativos de câmera permanecem com atualizações automáticas por padrão. Porém, é possível procurar por versões mais novas diretamente por meio do menu de ajustes do celular — outra solução é procurar por aplicativos diferentes de câmera, dentro das opções disponíveis na Play Store ou App Store;

4. Movimentar os componentes internos da câmera: em alguns modelos, o problema das fotos embaçadas pode ser resolvido com ações bastante inusitadas: com o aplicativo de câmera aberto, dar leves “batidas” no vidro acima da lente, ou chacoalhar o celular pode fazer com que peças internas voltem para suas posições naturais, permitindo o ajuste correto do foco;

5. Limpar o cache do aplicativo de câmera: realizar uma limpeza nos dados temporários do aplicativo de câmera também pode resolver a falta de foco das imagens. O processo é realizado com alguns passos simples, tanto em dispositivos Android como iOS:

  • Android: basta entrar nos menus de Configurações > Aplicativos, selecionar o aplicativo de câmera e entrar em Armazenamento. O celular deverá mostrar o quanto de espaço está sendo ocupado, e uma opção na parte final da página permitirá a exclusão dos arquivos temporários. Atenção: celulares Android de diferentes marcas podem ter interfaces distintas, alterando os caminhos para a exclusão do cache;
  • iOS: no caso do sistema operacional da Apple, a limpeza do cache pode ser realizada diretamente no aplicativo de câmera, também por meio dos menus de ajustes e armazenamento.

Caso a limpeza do cache não funcione, poderá ser necessário fazer uma restauração completa do dispositivo. O Canaltech tem tutoriais completos para a formatação de diferentes celulares, basta procurar o modelo na barra de pesquisas, cujo comando está localizado no canto inferior esquerdo da página.

6. Procurar uma assistência técnica especializada: se nenhuma das soluções propostas teve o resultado esperado, existe a possibilidade de o celular estar com algum problema mais grave. Por isso, é recomendado levar o dispositivo para uma assistência técnica especializada, onde reparos mais profundos poderão ser realizados.

Fonte: BackDroid, PhoneArena, Remove and Replace, The Droid Guy, Payette Forward

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.