O que fazer quando o celular aquece muito? Veja 6 dicas importantes

O que fazer quando o celular aquece muito? Veja 6 dicas importantes

Por André Lourenti Magalhães | 06 de Dezembro de 2020 às 18h00
Unsplash

Seu celular anda aquecendo bastante? Quando é possível sentir o aquecimento pela carcaça ou tocando na tela, é importante tomar alguns cuidados para evitar problemas. Um aparelho muito quente pode trazer consequências para a vida útil da bateria, sinal mais fraco, interrupção de funções e desempenho mais lento em alguns apps. Nessas situações, seguir determinadas ações podem ajudar a retomar uma temperatura mais baixa.

O que faz um celular aquecer?

Como em qualquer outro aparelho eletrônico, os celulares produzem calor devido às correntes de energia em seus componentes. Em alguns casos, esse aquecimento pode ser maior do que o normal, o que causa problemas. As circunstâncias são variadas. Algumas são relacionadas ao próprio uso: ao executar um aplicativo de navegação durante uma viagem ou jogar um jogo por muito tempo, a tela e os processadores precisam constantemente sempre ativos, o que causa aquecimento.

Outra situação comum que aumenta a temperatura de um celular é o carregamento, por conta da maior transmissão de energia. Nesse cenário, existem alguns cuidados que precisam ser tomados para não causar danos à bateria. Há, também, problemas relacionados a software: versões desatualizadas do sistema, muitos aplicativos abertos, incompatibilidades e bugs também ajudam no aquecimento.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Por fim, existe um fator externo: a temperatura ambiente. A exposição constante ao calor esquentará objetos, e os celulares não escapam disso. A Apple, por exemplo, sugere que os dispositivos com iOS sejam utilizados em temperaturas com ambiente entre 0 e 35 °C. Deixar um dispositivo exposto à luz solar ou dentro de um ambiente muito quente, como um carro fechado, podem gerar problemas com superaquecimento.

O que fazer quando o celular aquece?

1. Desative funções que não estão em uso

Desative funções como Bluetooth e Wi-Fi quando não estiverem em uso (Imagem: Brett Jordan/Unsplash)

Funções como Bluetooth, dados móveis, GPS e Wi-Fi podem consumir muitos recursos do aparelho. Quando notar o celular aquecendo, uma alternativa é desativar as funções que não estão sendo utilizadas no momento. Dessa forma, com menos processos em andamento, o processador pode começar a resfriar e retornar à temperatura anterior.

2. Exclua apps e arquivos que não são utilizados com frequência

Aproveite para liberar espaço na memória (Imagem: Matam Jaswanth/Unsplash)

Fazer uma limpeza no armazenamento é outra alternativa para reduzir o aquecimento do aparelho. Ao notar essa mudança de temperatura, procure pelos aplicativos que estão instalados mas não são abertos há muito tempo. Além disso, vasculhe seus arquivos salvos e tente remover alguns. Para isso, realizar backups com frequência e utilizar apps gerenciadores de arquivos são boas opções.

3. Feche apps em segundo plano

Feche os apps mais recentes e encerre processos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Você pode não estar usando um aplicativo no momento, mas mesmo assim ele continua executado em segundo plano, consumindo recursos do processador e da memória RAM. Abra a lista dos apps mais recentes e feche os que não são usados no momento. No Android, se os problemas persistirem, uma opção é abrir as configurações e forçar a parada dos aplicativos.

4. Evite executar apps pesados por períodos muito longos

Faça intervalos quando estiver jogando (Imagem: Mika Baumeister/Unsplash)

Passar horas jogando aquele jogo pode ser tentador, mas tome cuidado para não exigir muito de seu aparelho. Jogos e apps pesados, como os de realidade aumentada ou virtual, consomem muitos recursos do dispositivo, o que leva ao superaquecimento. Procure fazer alguns intervalos para ajudar com o resfriamento.

5. Diminua o brilho da tela

Reduzir o brilho pode ajudar (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A tela do celular é um dos locais mais fáceis para identificar o aquecimento. Quando aberta por muito tempo, rodando um jogo ou transmitindo um episódio, é comum que esquente. Uma opção para resolver esse problema é diminuir o brilho da tela quando notar um aumento de temperatura. Dessa forma, o aparelho consome menos recursos.

6. Fique um tempo sem utilizar o aparelho

Seguiu todos os passos anteriores e, mesmo assim, o celular continua muito quente? Se o aquecimento durar longos períodos, é recomendável deixá-lo sem uso por um tempo. Faça um intervalo de alguns minutos para que o próprio dispositivo consiga resfriar.

7. Troque o carregador

Atente-se ao estado dos cabos e carregadores (Imagem: Andreas Haslinger/Unsplash)

Como já foi mencionado anteriormente, é comum que o aparelho esquente durante o carregamento. Nesses casos, é indicado não utilizar o celular durante o processo e evitar deixá-lo em superfícies de pano, que podem concentrar o calor. Porém, se notar superaquecimento, é importante trocar o carregador ou a tomada e verificar novamente se o problema persiste.

8. Remova a capa protetora

A capa de proteção do seu aparelho pode dificultar a saída de calor, especialmente durante o carregamento. Quando notar o aquecimento, remova a capa por alguns minutos e aguarde o resfriamento. Durante esse tempo, tente deixar o aparelho em um local seguro e arejado, para evitar quedas e possíveis danos que a capa protegeria.

Fonte: Apple, Samsung

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.