Novos smartphones do Google podem contar com gravação de vídeos em 4K a 60 fps

Por Felipe Junqueira | 13 de Março de 2020 às 09h10
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Pixel 4a

Ficha técnica

O Google se mostrou contrariado com a ideia de oferecer a gravação de vídeos em 4K a 60 quadros por segundo quando anunciou o Pixel 4, no ano passado. Como justificativa para não incluir tal recurso, a gigante das buscas havia afirmado que não seria um recurso muito aproveitado pelos usuários. Contudo, isso pode mudar em breve.

O pessoal do XDA Developers analisou todo o código da versão 7.4 do app de câmera do Google e descobriu que há uma menção à gravação com 60 quadros por segundo na resolução Ultra HD. Ainda não lançada, esta próxima atualização do aplicativo não traz muitas informações, mas pode ser uma pista do que esperar para o Pixel 5.

“O canal TecnoLike Plus, no YouTube, tocado por Julio Lusson, compartilhou com a gente o APK do app no Pixel 4a que eles obtiveram. Em uma classe relacionada à gravação de vídeo, [o membro sênior do fórum XDA] cstark27 encontrou um novo modo ‘camcorder.4k60fps’”, relatou a publicação. Essa seria a única menção a esse tipo de gravação de vídeo.

Código da versão 7.4 do app Google Camera tem menção à gravação de vídeo em [email protected] (Imagem: Reprodução/XDA Developers)

Apesar da justificativa de que seria um recurso pouco utilizado, Mishaal Rahman escreveu no XDA que o Pixel 4 não tem largura de banda suficiente para lidar com vídeos tão pesados de uma só vez nas câmeras, o que poderia impedir a câmera de trocar da principal para a teleobjetiva durante a gravação para aproveitar o zoom ótico.

Contudo, o gerente de produtos para câmera do Pixel, Isaac Reynolds, contou em um episódio do Vergecast que há, sim, largura de banda suficiente para fazer a troca entre as câmeras. O problema é que “você só pode gravar por um certo tempo, questão de segundos, antes de saturar a capacidade da largura de banda”.

Ou seja, se o Google está, de fato, trabalhando para fornecer a gravação em 4K com 60 quadros por segundo no Pixel, é bem provável que tal recurso só seja disponibilizado no modelo a ser lançado mais para o final de 2020. Ou até mesmo no Pixel 4a, que talvez, não precise da largura de banda para trocar entre sensores durante a captação de vídeo.

Fonte: XDA Developers

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.