Microsoft registra patente de tela sensível à força dos toques do usuário

Por Redação | 18 de Agosto de 2017 às 11h55

Nesta quinta-feira (17), a descoberta de uma patente da Microsoft, que exibe um display capaz de reagir de acordo com a força dos toques do usuário, reacendeu os rumores de que um Surface Phone estaria sendo desenvolvido. Muitos entusiastas da ideia esperam um ressurgimento da linha de smartphones da companhia de Redmond ansiosamente, mas é possível que eles tenham de esperar sentados.

Vamos, primeiro, aos fatos. No documento registrado pela empresa junto às autoridades de patentes dos Estados Unidos está descrito um sistema que permite interações diferentes com o sistema operacional de acordo com a pressão exercida pelo usuário sobre a tela. A tecnologia é demonstrada em um smartphone com uso de caneta stylus.

Tecnologia de detecção de pressão é exibida pela Microsoft em um smartphone

É, basicamente, um funcionamento semelhante ao que já temos hoje nos dispositivos da Apple, por exemplo. Um toque simples abre um aplicativo, enquanto diferentes aplicações de pressão podem servir para dar acesso a atalhos e outras funcionalidades. A patente permitiria o funcionamento desse sistema até mesmo em aparelhos com telas pequenas, daí a necessidade de mais precisão com uso de uma stylus.

Os documentos entram em detalhes técnicos como sistemas de calibração, que seriam usados para garantir a precisão necessária em diferentes tamanhos de tela e modelos de aparelhos. Além disso, desenvolvedores também teriam acesso à função, o que permitiria que ela abrangesse ainda mais gente e diversos aplicativos.

As esperanças de que um Surface Phone estaria próximo, entretanto, foram derrubadas com a constatação de que a patente foi registrada em 2015. Mais especificamente, em setembro daquele ano, apenas semanas depois de a Microsoft realizar uma demissão em massa em sua divisão de smartphones, algo que, como sabemos, foi o começo do fim para a linha Lumia e também do sistema operacional Windows Phone.

Mesmo com o sucesso dos tablets e notebooks da marca, um retorno ao mundo dos celulares parece bastante improvável. A Microsoft nunca veio a público para falar especificamente sobre um encerramento nesse tipo de investimento, demonstrando isso mais por suas atitudes. Ela nunca falou especificamente sobre um Surface Phone, apesar de ter comprado domínios online relacionados a um aparelho desse tipo.

E aí entra um trecho específico da patente, que afirma que, apesar de a tecnologia estar sendo demonstrada em um smartphone, ela não é restrita aos celulares. A Microsoft afirma, na documentação, que o dispositivo em questão é apenas um exemplo, mas que o sistema de reação à pressão dos toques pode ser utilizado em qualquer tipo de dispositivo com touch screen, desde tablets e smartwatches até consoles de videogame.

A Microsoft não falou especificamente sobre a descoberta da patente, nem de seus planos com ela. Registros desse tipo nem sempre indicam tecnologias efetivamente em desenvolvimento para uso prático, pois podem representar apenas medidas de proteção de invenções ou tecnologias proprietárias, além de esforços de licenciamento para obtenção de royalties.

Fonte: Patently Apple

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.