Microsoft inicia vendas de versão própria do Galaxy S9

Por Felipe Demartini | 09 de Março de 2018 às 11h58
TUDO SOBRE

Galaxy S9

Assim como aconteceu nos últimos anos, a Microsoft está oferecendo sua própria versão do Galaxy S9. A edição especial dos aparelhos, se é que pode ser chamada assim, traz acesso direto aos aplicativos do pacote Office – como Word, Excel e PowerPoint –, além do Outlook, da assistente virtual Cortana e do serviço de armazenamento OneDrive.

Os aplicativos não vêm pré-instalados, com esse processo acontecendo na primeira vez que o dispositivo é ligado e conectado à internet. O launcher da companhia para o sistema operacional Android, entretanto, não faz parte do kit, que custa o mesmo que a versão tradicional do Galaxy S9. Quem quiser também pode adquirir a versão com tela maior. Os produtos já estão em pré-venda e têm a mesma data de lançamento dos originais, 16 de março.

A ausência de foco em personalização, quando, na verdade, ele recai apenas sobre as ferramentas de produtividade, fez com que a própria Samsung refutasse o rótulo de “edição especial”. Por mais que a empresa de Redmond divulgue o produto como “Microsoft Edition”, a fabricante diz que isso não existe, uma vez que a ideia é apenas facilitar a vida de quem utiliza as ferramentas da companhia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os comentários sobre a questão têm a ver com disputas de royalties, cujos detalhes não podem ser divulgados ao público. Em 2015, Samsung e Microsoft chegaram a um acordo que, como efeito direto para os usuários, levou à instalação de aplicativos como Skype, OneNote e OneDrive como padrão em todos os dispositivos da linha Galaxy do S6 em diante. Na mesma época, a empresa de Redmond também começou a vender sua edição “própria” do aparelho, com ainda mais ferramentas do Office.

No restante, tudo é idêntico. Além do preço, a Microsoft Edition do Samsung Galaxy S9 e sua edição de tela maior vêm com as mesmas configurações de hardware e características estéticas, como cores e posicionamento de componentes, além de incluírem os recursos de software da versão comum.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.