Quais são os melhores celulares da Xiaomi para comprar no Brasil?

Por Felipe Junqueira | 06 de Agosto de 2020 às 19h00
Montagem/Canaltech
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Redmi Note 9

Ficha técnica

Comprar um celular da Xiaomi no Brasil não é uma tarefa tão difícil hoje como era no passado. Não só porque a empresa voltou a ter uma operação oficial por aqui, como também porque muito importador passou a trazer os produtos para cá e conquistaram um bom número de consumidores.

A dificuldade agora é outra: separar as boas opções daquelas que, no fundo, não compensam tanto assim. Há muitos modelos ótimos da empresa, claro, mas se aventurar com um aparelho que você pouco conhece pode ser perigoso. E com o aumento do dólar que vimos nos últimos meses, não está mais tão barato assim comprar um celular.

Então, quais são os melhores celulares da Xiaomi para comprar no Brasil atualmente? O Canaltech separou uma lista com os melhores modelos com estoque nacional.

Alerta: fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços estão sujeitos à mudança sem aviso. Os produtos exibidos aqui são selecionados pela nossa equipe, logo, se você comprar algo, o Canaltech talvez receba alguma comissão de venda.

Redmi Note 9

Um aparelho mais acessível que vai aguentar mais de dois anos sem engasgar

O modelo mais em conta e que vale a pena atualmente é o Redmi Note 9. Seus antecessores até são ótimos celulares ainda hoje em dia, mas a diferença de preço é tão pequena que compensa mais desembolsar a diferença para já pegar algo mais atual.

O Redmi Note 9 tem tela grande, de 6,53 polegadas, com uma bateria gigantesca de 5.020 mAh, com promessa para durar até dois dias fora da tomada. O aparelho tem processador de oito núcleos com velocidade máxima de 2 GHz, ou seja, dá conta de processos um pouco mais pesados do que um celular de entrada, e até alguns jogos complexos ele consegue rodar sem travamentos.

Além disso, o Redmi Note 9 tem um bom conjunto fotográfico, com câmera wide de 48 MP, uma ultra-wide, para fotos com mais cenário no enquadramento, uma macro, para tirar fotos de detalhes bem aproximados, e um sensor de profundidade para aquele efeito Bokeh bacana de postar nas redes sociais. As selfies também são boas, feitas com uma câmera de 13 MP.

Você pode encontrar este modelo com 3 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento por cerca de R$ 1.400. Estoque já no Brasil, sem taxas e nada de precisar esperar meses pela chegada em sua casa.

Mi 8 Lite

Também acessível, e com ainda mais potência

Apesar de ter sido lançado em 2018, o Mi 8 Lite ainda é um smartphone com ótimas especificações e, considerando o preço atual, um dos melhores celulares da Xiami para comprar no Brasil hoje. A plataforma Snapdragon 660 tem processador de oito núcleos e chega à velocidade de 2,2 Ghz. No papel, parece menos que o do Redmi Note 9, mas, na prática, é mais veloz.

O dispositivo tem mais potência que o Redmi Note 9 e fica na mesma faixa de preço. A tela é um pouco menor, com 6,26 polegadas, e a bateria também tem bem menos capacidade, com 3.350 mAh, mas ainda é suficiente para o dia inteiro. O conjunto de câmeras é duplo, com 12 MP na principal e um sensor de profundidade. As selfies, ao menos, são feitas com uma câmera de 24 MP.

Ótima alternativa ao Redmi Note 9, o Mi 8 Lite pode ser encontrado por preço que parte de R$ 1.600, com estoque já no país.

Redmi Note 9s

Ainda mais potência e tela maior

Se você procura uma opção mais potente, o Redmi Note 9S traz a plataforma Snapdragon 720G, que tem chipset mais forte, chegando a 2,3 Ghz. Isso significa que o celular já consegue rodar ainda melhor os processos e jogos mais pesados, ficando pouca coisa abaixo de um topo de linha.

Além disso, o modelo tem tela maior, com 6,67 polegadas, mesma capacidade de bateria, também com promessa de duração de até dois dias. O conjunto de câmeras é igual ao do Redmi Note 9, ou seja, é realmente uma opção para quem quer mais potência, não necessariamente mais qualidade nas fotos. Ao menos as selfies são feitas com uma câmera de resolução maior, de 16 MP.

O Redmi Note 9S pode ser encontrado a partir de R$ 1.910 já no Brasil, pelo marketplace da Amazon. O modelo neste valor tem 4 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento.

Redmi Note 9 Pro

Para quem busca um ótimo conjunto de câmera em um aparelho poderoso

Agora, para quem procura um aparelho potente e com bom conjunto de câmeras, temos o Redmi Note 9 Pro. O valor não sobe tanto assim em comparação com o Note 9S, e boa parte das características são iguais, como tela, bateria e até o hardware.

O que muda é a câmera principal, que salta para 64 MP, em vez dos 48 MP dos outros dois modelos. A quantidade de memória RAM também dá um belo salto, o que ajuda a manter mais processos pesados em segundo plano e garante uma troca de aplicações mais fluida.

A versão de 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento do Redmi 9 Pro pode ser achada a partir de R$ 2.300 na Amazon, com estoque já no Brasil, sem perigo de ser taxado.

Mi 9 Lite

Para quem busca o melhor dos mundos em uma tela não tão grande

Alternativa ao Redmi Note 9 Pro com tela um pouco menor, o Mi 9 Lite tem tela de 6,39 polegadas e bateria de 4.030 mAh, que também consegue aguentar dois dias longe da tomada, apesar de precisar de um pouco de economia no uso para isso.

A plataforma é o Snapdragon 710, que não é muita coisa inferior ao Snapdragon 720G dos Note 9S e 9 Pro. O conjunto de câmera é triplo, com uma wide de 48 MP, uma ultra-wide e mais um sensor de profundidade. Só perde a macro em comparação com os outros modelos. Mas compensa na selfie, de 32 MP.

A versão de 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento do Mi 9 Lite parte de R$ 2.300 na Amazon, ou seja, com estoque já no Brasil e sem taxas adicionais.

Mi 9t

Ótimo conjunto, e com uma câmera de selifes pop-up de diferencial

E para fechar a lista, o Mi 9T. Atualmente, os modelos topo de linha da Xiaomi estão com preços muito altos, por isso focamos em aparelhos mais em conta. Mas nem por isso entregam ótima experiência, e a maioria é ótima para jogar. Como o caso deste aqui, que tem o Snadragon 730 em seu interior, com potência próxima de chipsets premium.

O Mi 9T tem tela de 6,39 polegadas, tamanho até pequeno para os padrões atuais, de telas que beiram as 7 polegadas, e traz como grande diferencial a câmera de selfies, um sensor de 20 MP, escondida em uma gavetinha que sai de dentro do aparelho quando necessário. A bateria tem 4.000 mAh e a câmera traseira, tripla, é até um pouco melhor que a dos outros modelos da lista, pois tem 48 MP na wide, uma ultra-wide de 13 MP e uma teleobjetiva de 8 MP.

Na versão de 6 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, este potente celular custa a partir de R$ 2.300, já com estoque no Brasil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.