LG não fechará divisão de celulares, confirma executivo

LG não fechará divisão de celulares, confirma executivo

Por Diego Sousa | 15 de Janeiro de 2021 às 13h30
Diego Sousa/Canaltech

O chefe de Comunicações Corporativas Globais da LG Electronics, Ken Hong, negou nesta sexta-feira (15) rumores de que a LG vai fechar sua divisão de celulares. Recentemente, um relatório da agência de notícias sul-coreana The Elec indicou que a marca já teria notificado o fechamento aos funcionários locais e que faria um anúncio oficial no final de janeiro.

"Definitivamente é mentira, especulações e rumores", disse Hong em comunicado enviado ao site XDA-Developers. O rumor dizia, ainda, que a LG teria instruído aos funcionários a pararem o desenvolvimento de todos os produtos nas fábricas da Coreia do Sul, com exceção do Rollable, o celular com tela enrolável da empresa. O dispositivo foi revelado durante a CES 2021 e será lançado ainda neste ano, confirmou a marca.

Mudança necessária

Embora a LG tenha desmentido os rumores, vale lembrar que em dezembro de 2020 ela anunciou uma reformulação em sua divisão mobile com a intenção de reduzir custos após amargar cinco anos consecutivos de prejuízos. A estratégia é terceirizar o desenvolvimento e a produção de celulares de baixo custo e direcionar seus esforços na fabricação de dispositivos premium, como os modelos do Projeto Explorer.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Desenvolvimento de celulares básicos da LG será terceirazado (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)

Basicamente, a LG deve pegar projetos de outras empresas e colocar seu próprio logo e sistema no dispositivo, quase um esquema white label — resta saber se haverá contrato de exclusividade com a marca. A empresa ainda fechou alguns cargos de pesquisa e desenvolvimento.

Com isso, a LG pretende voltar a lucrar no mercado de celulares a partir deste ano. Durante a CES 2021, o novo CEO da empresa, Kwon Bong-seok, afirmou que o negócio de dispositivos móveis da marca terá lucro em 2021, já que "expandiremos nossa linha de smartphones e lançaremos novos aparelhos com alguns fatores surpreendentes para atrair os consumidores".

Lá em 2013, a LG aparecia na terceira colocação entre as fabricantes de smartphones, segundo ranking da Strategy Analytics. Hoje, a empresa não figura nem no Top 7, tendo sido “rebaixada” à categoria “outras” na contagem da Counterpoint, outra empresa de análise de mercado.

Fonte: XDA-Developers; The Korea Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.