LG confirma encerramento da divisão de celulares após 5 anos de prejuízos

LG confirma encerramento da divisão de celulares após 5 anos de prejuízos

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 05 de Abril de 2021 às 06h30
Ilan Dov/Unsplash

A LG confirmou, nesta segunda-feira (5) o que já era aguardado desde janeiro e anunciou o encerramento das operações de suas divisão global de celulares. Com isso, a empresa suspende produção e desenvolvimento de smartphones em todo o mundo, após cinco anos seguidos de resultados negativos no setor.

Em nota divulgada à imprensa, a fabricante sul-coreana lembra que sofre perda operacional no negócio global de celulares desde 2015, totalizando 23 trimestres consecutivos e prejuízo total de cerca de US$ 4,1 bilhões até o fim de 2020. A decisão de fechar a divisão de smartphones foi tomada “a fim de fortalecer sua competitividade futura por meio de seleção e foco estratégico”.

A decisão permite que a empresa dedique esforços nas áreas em que possui maior êxito, como componentes para veículos elétricos, dispositivos conectados, casas inteligentes, robótica, inteligência artificial e soluções corporativas. A LG também pretende continuar a desenvolver e fornecer componentes e tecnologias para outras fabricantes de dispositivos móveis, incluindo o 6G.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

De acordo com a companhia, produtos já em estoque continuarão à venda e o suporte respeitará o período conforme as leis de cada país.

Não há menção sobre o desenvolvimento do LG Rollable, mas a nota dá a entender que está suspenso. Mas não está descartada a parceria com outras fabricantes para aproveitar a tecnologia existente até agora para tornar o dispositivo realidade.

Veja abaixo a nota oficial da LG do Brasil enviada à imprensa:

Desde o segundo semestre de 2015, o nosso negócio global de celulares tem sofrido uma perda operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente 4,1 bilhões de dólares (US) até o final de 2020.

Depois de avaliar todas as possibilidades para o futuro do nosso negócio de celulares, o Headquarter Global decidiu por fechar esta divisão a fim de fortalecer sua competitividade futura por meio de seleção e foco estratégico.

Como uma companhia que valoriza profundamente a contribuição de cada funcionário, cliente e parceiro LG, nós comunicaremos de forma aberta e transparente durante este processo, buscando uma abordagem justa e pragmática, enquanto atendemos as obrigações jurídicas.

É com tristeza que compartilhamos esta notícia com os nossos clientes e parceiros que ao longo de todos estes anos nos demonstraram confiança e nos deram apoio.

A LG Electronics do Brasil agradece vocês e irá se concentrar fortemente em seus negócios de modo a continuar a fornecer produtos e serviços inovadores que tornarão a vida melhor.

Fonte: LG

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.