iPhone 11 64GB: ainda é uma boa opção?

iPhone 11 64GB: ainda é uma boa opção?

Por Fábio Jordan | Editado por Léo Müller | 26 de Julho de 2021 às 12h00

Desde o lançamento do primeiro iPhone, a Apple lança novos modelos de seu celular todos os anos. E, na verdade, já faz um bom tempo que a fabricante não lança apenas um único aparelho por ano, mas múltiplas versões de seu smartphone. Este é um produto que está sempre à frente de seu tempo, de modo que o iPhone lançado em determinado ano continua fazendo sucesso por muito tempo.

Não por acaso a própria Apple mantém os modelos iPhone 12, iPhone 11, iPhone XR e iPhone SE disponíveis em seu site oficial. A marca sabe que há mercado para várias gerações de seu dispositivo e que os consumidores nem sempre querem (ou podem) adquirir a versão mais atualizada – e cara – do iPhone.

Assim, nas vésperas do lançamento do iPhone 13, há muita gente que pode estar com a seguinte dúvida: afinal de contas, vale a pena comprar o iPhone 11 em pleno 2021? Ou melhor ainda: pegar o iPhone 11 64 GB é uma boa ideia no longo prazo? Quais são as limitações deste modelo? A limitação de espaço é um problema?

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Hoje, nós vamos falar sobre como o iPhone 11 se compara com os demais celulares Apple disponíveis atualmente, bem como quais as expectativas que você pode ter ao pegar um iPhone 11 em oferta, afinal há algumas diferenças do iPhone 11 para o iPhone 12 em questão de câmeras, tela e bateria.

iPhone 11 64GB é um bom celular para 2021?

A resposta curta para a sua pergunta é: sim, o iPhone 11 é um celular que vale a pena comprar em 2021. Se ele continuará sendo uma boa opção para os próximos anos, só o tempo terá tal resposta, mas se você caiu de paraquedas aqui em busca de um incentivo, nossa resposta é ainda mais enfática: o iPhone 11 é um dos melhores celulares Apple em custo-benefício no momento. Vamos explicar!

Primeiro de tudo, é preciso entender como o iPhone 11 64GB se encaixa na enorme linhagem dos aparelhos da Apple. Como você deve imaginar, todo modelo de iPhone que é seguido de um número – e não tem nenhum complemento em seu nome (seja Plus, Pro, S, entre outros) – é um dispositivo do tipo “carro-chefe” ou popularmente conhecido como flagship.

No caso, o iPhone 11 é o principal modelo da Apple lançado em 2019, sendo o smartphone que a marca preparou para entregar a experiência padrão almejada para aquela época. Apesar disso, há um fato curioso quando colocamos o iPhone 11 ao lado dos demais “flagships” da companhia. Ele representa um retrocesso em determinadas tecnologias.

Se comparado com o iPhone XS, que foi lançado exatamente um ano antes, o iPhone 11 perdeu a tela OLED de maior resolução, bem como teve a lente teleobjetiva trocada por uma ultra-angular (ultra wide). Além disso, para acomodar a tela levemente maior, ele teve suas dimensões ampliadas e o também o pesou aumentou um pouco.

Olhando detalhadamente para as especificações do iPhone 11, temos a impressão de que ele é um iPhone XR com um novo processador e novas câmeras, mas, no restante, fica muito nítida a semelhança entre esses aparelhos. Assim, conforme já mencionamos em nosso artigo sobre os melhores celulares Apple em custo-benefício, o iPhone 11 64GB acaba sendo uma opção muito sensata.

Outro comparativo importante deve ser feito com relação ao iPhone 12. Afinal, pegar um celular desatualizado é um problema? Quando falamos em um lançamento da Apple, sempre podemos ter a certeza de que a marca desenvolveu um produto a frente de seu tempo. Isso serve para o iPhone 12, bem como serve para o iPhone 11 e alguns antecessores.

Assim, o iPhone 11 pode ser considerado ultrapassado pela sua época de lançamento, mas suas tecnologias entregam desempenho de sobra para os apps e jogos da atualidade, bem como estão prontas para muitos softwares do futuro. E não se engane pelas especificações, pois o que conta aqui é a otimização – muito aprimorada por sinal.

Uma questão recorrente diz respeito às câmeras do iPhone 11, uma vez que elas de fato não têm as mesmas qualidades daquelas no iPhone 12. Apesar de ser verdade, a comparação é meramente interessante para os casos em que você está em dúvida sobre qual aparelho deve comprar para ter os melhores resultados possíveis em fotos e vídeos.

No entanto, a qualidade de câmeras do iPhone 11 ainda é excelente. Trata-se do mesmo sensor de 12 MP que temos em aparelhos como o iPhone XS, o iPhone XR e iPhone SE, o que certamente não implica em um resultado ruim para fotografias. A vantagem em relação a tais modelos é a câmera de selfies do iPhone 11, que tem um sensor de maior resolução. Então, pode ir sem medo, que é sucesso nos cliques.

iPhone 11 64 GB vale a pena?

Agora que já definimos como o iPhone 11 ainda é um celular muito bom para 2021, vale parar um momento para falar sobre a questão do armazenamento. O iPhone 11 foi lançado em três versões: iPhone 11 64 GB, 128 GB e 256 GB.

As diferenças de preços entre eles não são pequenas, já que não se trata de uma simples inclusão de um cartão de memória, mas da troca do componente de armazenamento interno. Dessa forma, o iPhone 11 64 GB é o mais atraente em questão de valor e, portanto, é o celular que melhor “cabe no bolso” de quem quer economizar e ainda ter um produto top de linha.

O ponto é que o valor pode ser interessante, mas a capacidade de armazenamento deve ser planejada com cuidado, uma vez que o celular da Apple não tem espaço para cartão de memória, ou seja, nada de expansão por aqui. Então, se você encher o aparelho de vídeos, só resta duas soluções: fazer upload dos conteúdos para a nuvem ou apagar arquivos.

Levando isso em conta, a questão “o iPhone 11 de 64 GB vale a pena?” só pode ser respondida por você mesmo. Nós podemos dar a garantia de que o iPhone 11 tem desempenho de primeira, bateria de longa duração e ótima qualidade de construção, mas só você poderá definir se esta quantidade de armazenamento é suficiente.

Para ter uma noção é bem simples: basta você conferir quanto de espaço você ocupa no seu smartphone atual. Caso seus aplicativos, jogos e arquivos de mídia estejam muito próximo de 64 GB, é possível que a melhor sugestão seja optar pelo iPhone 11 de 128 GB. Já se você usa 128 GB e ainda um cartão adicional, a melhor solução é pegar o iPhone 11 de 256 GB.

É muito importante bater nesta tecla pelo fato de que o backup de arquivos no iPhone não é barato, então é melhor já ter um iPhone 11 com mais espaço para guardar as fotos, do que depender dos serviços na nuvem.

O iCloud oferece apenas 5 GB grátis, então você provavelmente terá que pagar um plano para fazer backup de um grande volume de foto e vídeos. E aí se você pensar no gasto que terá mensalmente e na complicação para ficar subindo fotos, um iPhone 11 de 128 GB chama mais atenção.

É claro que você até pode instalar o Google Drive, OneDrive e outros drives, mas todos eles somados (em suas versões gratuitas) podem não oferecer muito espaço adicional, fora que você vai ter que gerenciar a bagunça de arquivos espalhados em vários lugares.

Moral da história: o iPhone 11 é um ótimo celular e leva nossa recomendação, inclusive como um modelo de custo-benefício. Recomendamos também o iPhone 11 64 GB, mas você deve pensar com calma se este armazenamento é suficiente para todas as suas fotos, vídeos, jogos e apps. Boa sorte na compra do seu novo iPhone!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.