Huawei P50 Pro supera o Mi 11 Ultra e mostra excelência em teste de câmeras

Huawei P50 Pro supera o Mi 11 Ultra e mostra excelência em teste de câmeras

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 30 de Julho de 2021 às 07h40
Divulgação/Huawei

Oficializado nesta quinta-feira (29), após inúmeras dificuldades diante das sanções aplicadas pelo governo dos EUA, o Huawei P50 Pro é o mais novo topo de linha premium da gigante chinesa. Com visual semelhante ao do Honor 50 e um conjunto potente de especificações em versões com o Snapdragon 888 e o Kirin 9000, o modelo promete uma experiência única em diversos departamentos, especialmente nas câmeras.

O aparelho é equipado com sensor frontal de 13 MP e quatro câmeras traseiras que impressionam, com sensor principal de 50 MP, monocromático de 40 MP, ultrawide de 13 MP e telefoto periscópio de 64 MP, com zoom óptico de 3,5x.

Aproveitando a estreia da novidade, a equipe especializada do site DXOMARK avaliou o conjunto completo de câmeras da variante equipada com Kirin 9000. Sem muitas surpresas, o P50 Pro apresentou desempenho excepcional, superando o Xiaomi Mi 11 Ultra nas lentes traseiras, e o Mate 40 Pro da própria Huawei em selfies, tornando-se o novo campeão de ambos os rankings.

Ótimo desempenho com poucos defeitos em fotos

Começando pelas câmeras traseiras, os engenheiros do DXOMARK apontaram como pontos positivos o baixo nível de ruído e o amplo alcance dinâmico, o balanço de branco natural e preciso, o bom nível de detalhes com o zoom da lente telefoto em ambientes internos e cenários bem iluminados, além de boa exposição e alcance dinâmico em vídeos. Ainda entre as vantagens, há boas transições de balanço de branco, foco estável, bom nível de detalhes e estabilização efetiva em vídeos.

Já entre os pontos negativos, são apontados profundidade de campo rasa, falhas ocasionais do foco automático em baixa luz, diferenças entre a foto final e o preview, raros artefatos de balanço de branco e leves instabilidades de exposição em alguns vídeos.

O melhor em quase todos os aspectos de selfies

Em selfies, os especialistas destacam a boa exposição do rosto, o balanço de branco preciso, o alcance dinâmico amplo, a grande extensão do foco, o baixo nível de ruídos, o bom nível de detalhes em ambientes internos e cenários bem iluminados, a estabilização de vídeo efetiva e o bom foco em gravações diurnas.

Entre as poucas falhas apontadas estão a perda de detalhes finos em baixa luz, erros ocasionais do foco automático, a rara imprecisão na reprodução de tons de pele, além do alcance dinâmico limitado e presença de ruído em locais com baixa luminosidade.

Exemplos de fotos

De acordo com o DXOMARK, o Huawei P50 Pro entrega excelente qualidade de imagem em quase todas as condições (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O aparelho entrega exposição e alcance dinâmico excelentes (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
A profundidade de campo rasa é um dos poucos defeitos apontados pelo DXOMARK (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O celular da Huawei também entrega excelente performance em selfies, com exposição precisa dos sujeitos e alcance dinâmico amplo (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Em retratos, o dispositivo apresenta poucos artefatos de cálculo de profundidade (Imagem: Reprodução/DXOMARK)

Exemplos de vídeos

Huawei P50 Pro: excelente em todas as áreas

Segundo o DXOMARK, o Huawei P50 Pro é agora o novo benchmark de câmeras para outras fabricantes de smartphones. O modelo se sai bem em praticamente todos os departamentos, e ainda que apresente leves falhas em alguns aspectos, como leves instabilidades em baixa luz, está sempre muito próximo dos melhores celulares nos pontos em que deixa a desejar.

A situação é parecida com as selfies — a Huawei conseguiu superar a si mesma, apresentando resultados impecáveis em todas as áreas, apesar de sofrer com ocasionais artefatos, especialmente em ambientes noturnos. Você confere a análise completa de câmeras traseiras neste link, e a avaliação detalhada das selfies através deste link.

Huawei P50 Pro: ficha técnica

  • Tela: OLED de 6,6 polegadas, com resolução Full HD+ de 2700 x 1228 pixels, 10-bit, taxa de atualização de 120 Hz
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888 (4G) e HiSilicon Kirin 9000 (5G)
  • Memória RAM: 8 GB ou 12 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.8) + 40 MP (Monocromática, f/1.6) + 13 MP (ultrawide, f/2.2) + 64 MP (Telefoto periscópio, f/3.5, zoom óptico de 3,5x)
  • Câmera frontal: 13 MP (f/2.4)
  • Dimensões: 158,8 x 72,8 x 8,5 mm
  • Peso: 195 gramas
  • Bateria: 4.360 mAh com suporte a carregamento rápido de 66W e recarga sem fio de 50W
  • Extras: Bluetooth 5.2, leitor de impressão digital na tela, WiFi 6, NFC, sensor infravermelho, áudio estéreo
  • Sistema operacional: HarmonyOS 2.0

Fonte: DXOMARK (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.