Huawei demonstra IA capaz de converter vídeos de 480p para Full HD

Por Rubens Eishima | 07 de Dezembro de 2020 às 09h20
Reprodução/Huawei
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Mate 40 5G

Ficha técnica

Processador topo de linha da Huawei/HiSilicon, o Kirin 9000 foi apresentado com pompa e circunstância pela fabricante, destacando seus recursos de CPU, processamento de imagem e inteligência artificial. Os chineses divulgaram recentemente um vídeo que demostra uma aplicação poderosa das tecnologias, usadas para uma técnica de upscale (melhoria de resolução) capaz de transformar vídeos em 480p em Full HD.

O vídeo divulgado pela Huawei mostra o processador usado na linha Mate 40 aplicando a técnica em cinco gravações em baixa resolução:

  • 540p para FullHD (1080p)
  • 270p para HD (720p) — dois vídeos
  • 360p para HD
  • 480p para Full HD

Apesar da compressão aplicada na montagem final (e nas imagens que você confere na galeria abaixo), é possível notar um ganho de qualidade, com maior nível de detalhes.

O recurso utiliza técnicas de inteligência artificial para extrair detalhes de diversos quadros da gravação e fazer a “restauração”. O resultado não chega a ser tão bom quanto um vídeo na resolução final, mas mostra um potencial interessante para a tecnologia.

Um sistema semelhante é usado pela Nvidia em sua Shield TV — com o nome de "AI Upscaling" — para “turbinar” a resolução de vídeos HD (720p) em televisores com resolução 4K (2160p). Apesar de não representar uma melhoria de nove vezes na definição de imagem, testes de sites especializados relataram um aumento perceptível na qualidade dos vídeos.

A tecnologia pode ser útil, por exemplo, em situações em que o usuário utiliza uma conexão limitada à internet, recorrendo ao upscaling para “compensar” um vídeo em uma qualidade inferior. Da mesma maneira, o recurso pode ser usado para gravações antigas — vídeos de família com câmeras de baixa resolução, por exemplo — ou materiais dos quais não é possível mais encontrar os arquivos originais/brutos para gerar uma versão em alta definição.

Fonte: Huawei

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.