Galaxy S22 pode ser lançado com bateria menor do que a do Galaxy S21

Galaxy S22 pode ser lançado com bateria menor do que a do Galaxy S21

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 17 de Setembro de 2021 às 08h27
Jermaine Smit/LetsGoDigital

Apesar das melhorias previstas para a linha Galaxy S22 — que deve ser lançada no começo do ano que vem — parece que os próximos flagships da Samsung podem chegar com alguns retrocessos, pelo menos no que diz respeito às especificações técnicas.

Novos rumores sugerem que a versão comum do Galaxy S22 chegará com uma bateria um pouco menor do que seu antecessor e passará de um componente com 3.800 mAh no Galaxy S21 para 3.590 mAh no modelo da nova geração. Essa não é a primeira vez que um rumor sugere um downgrade em bateria na linha. Segundo o confiável leaker Ice Universe, essa seria a capacidade nominal, com capacidade típica (a anunciada comercialmente) de 3.700 mAh.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Galaxy S22 Plus também deve sofrer o mesmo destino e contar com uma bateria de 4.500 mAh contra 4.800 mAh do Galaxy S21 Plus.

E não é só com a bateria que os fãs da marca podem se decepcionar — principalmente quem gosta de telas grandes para consumo de conteúdo. Segundo relatos, o Galaxy S22 e Galaxy S22 Plus terão displays bem menores do que a geração atual, com 6,06 e 6,55 polegadas, respectivamente, enquanto o Galaxy S21 possui um painel de 6,2 polegadas e o Galaxy S21 Plus de 6,7 polegadas.

(Imagem: Jermaine Smit/LetsGoDigital)

Ainda em relação ao tamanho das telas, apenas o Galaxy S22 Ultra deve manter um display parecido ao do seu antecessor, com 6,81 polegadas. Provavelmente, essa redução nos dois modelos inferiores deve acontecer para diferenciar mais a variante Ultra não só nas especificações, como também nas dimensões.

Embora existam alguns “retrocessos” na capacidade das baterias, é possível que a Samsung adote alguma forma de não impactar tanto na durabilidade dos componentes em um uso real — para isso, porém, é preciso ver como seu novo chipset desenvolvido em parceria com a AMD se comporta no gerenciamento de energia e se o software também estará otimizado para isso.

A série Galaxy S22 deve ser lançada com Snapdragon 898 em alguns mercados específicos, enquanto na maior parte do mundo deve chegar com o Exynos 2200. Também já foi relatado que a variante maior da linha, o Galaxy S22 Ultra, contará de novo com carregamento rápido de 45 W, que havia sido abandonado após a estreia do Galaxy Note 20 Ultra. Ainda segundo Ice Universe, o Galaxy S22 Plus terá a mesma capacidade de recarga, enquanto o Galaxy S22 ficará limitado a 25 W.

Fonte: Slash Gear

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.