Galaxy M31 chega ao Brasil com a maior bateria de um celular Samsung até hoje

Por Felipe Junqueira | 08 de Julho de 2020 às 12h00
Divulgação/Samsung
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Galaxy M31

Ficha técnica

Finalmente, o primeiro Galaxy M de 2020 está confirmado no Brasil. A Samsung inicia as vendas do Galaxy M31 nesta quarta-feira (8), logo após a Mega Live marcada para o final da tarde. O aparelho compartilha algumas especificações dos Galaxy A31, A51 e A71, mas traz uma característica inédita em celulares da marca: a bateria com incríveis 6.000 mAh.

O aparelho tem o hardware do A51, Android mais vendido no primeiro semestre do ano, segundo algumas das principais empresas de análise do mercado. Isso inclui a plataforma Exynos 9611, que tem processador octa-core de 2,3 GHz, além dos 128 GB de armazenamento, mas traz mais memória RAM — 6 GB. A tela, por sua vez, é mais ou menos parecida com o A31: uma Infinity-U de 6,4 polegadas Super AMOLED com resolução Full HD+.

O conjunto de câmeras, no entanto, tem semelhanças com o A71, com uma wide de 64 MP, uma ultrawide com campo de visão de 123° que grava vídeos com o recurso Super Steady e tira fotos com 8 MP. O conjunto quádruplo é completo por mais um sensor de profundidade de 5 MP e uma câmera macro de 5 MP, enquanto, na frente, as selfies são registradas com um sensor de 32 MP.

Galaxy M31 na cor azul (Imagem: Divulgação/Samsung)

Os aspectos únicos desse dispositivo são a bateria gigantesca, de 6.000 mAh, tamanho recorde para celulares da Samsung, e o acabamento plástico sem efeitos na traseira, com um aspecto um pouco mais sóbrio. De acordo com o gerente de produto sênior da Samsung Brasil, Renato Citrini, essa é uma escolha também para ajudar a manter o preço mais em conta, já que o aparelho tem venda exclusivamente no e-commerce, e quem compra pela internet é mais exigente com as características de hardware.

“O consumidor online é mais ligado nos aspectos técnicos do aparelho, compara mais com outros, busca o menor preço. E conseguimos entregar um preço mais baixo por causa da venda exclusivamente via internet e pelo visual mais sóbrio”, explicou Citrini.

O executivo ainda comentou que, no varejo físico, o consumidor se preocupa mais com a pegada do aparelho, com o que ele sente ao segurar o celular, por isso a linha A tem modelos mais finos e com acabamento mais atraente aos olhos. Já o consumidor online busca as melhores especificações e entende que uma bateria grande não vai caber em um aparelho fino. “Mesmo assim, o Galaxy M31 é só 0,5 mm mais espesso que o M30”, observou.

Galaxy M31: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED de 6,4 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2340 pixels);
  • Chipset: Exynos 9611, com processador octa-core de até 2,3 GHz;
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento interno: 128 GB expansíveis via microSD (até 512GB);
  • Câmera traseira: quádrupla de 64 MP (wide f/1.8) + 8 MP (ultra-wide f/2.2) + 5 MP (macro f/2.4) + 5 MP (profundidade f/2.2);
  • Câmera frontal: 32 MP;
  • Dimensões: 159,2 x 175,1x 89 mm (AxLxP);
  • Peso: 191 gramas;
  • Bateria: 6.000 mAh com suporte a Fast Charge de 15 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, leitor de impressão digital traseiro,entrada para fone de ouvido, conector USB-C;
  • Cores disponíveis: vermelho (rosa), azul e preto;
  • Sistema operacional: Android 10 com One UI 2.0.

Preço e disponibilidade

M31 na versão preta (Imagem: Divulgação/Samsung)

O Galaxy M31 está disponível nas cores azul, preto e vermelho (rosa) no site da Samsung e no e-commerce das principais redes varejistas do país a preço sugerido de R$ 1.999. É isso mesmo, o preço de lançamento do Galaxy A21s. A venda do aparelho será exclusivamente online, não haverá distribuição em lojas físicas em nenhum momento, o que ajuda a manter os custos reduzidos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.