Celular chinês com recarga de 160 W ganha análise antes do lançamento

Celular chinês com recarga de 160 W ganha análise antes do lançamento

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 22 de Julho de 2021 às 11h45
Reprodução/GSMArena

Pouco conhecida, e geralmente associada a celulares mais básicos, a chinesa Infinix surpreendeu no mês passado quando anunciou um novo conceito recheado de tecnologias vistas apenas em telefones premium, ou mesmo em projetos de outras fabricantes, como a Xiaomi. Conhecido como Zero X, ou pelo nome temporário Concept Phone, o aparelho se destaca pelo carregamento de 160 W e traseira com tecnologia eletrocrômica.

Desenvolvido apenas para demonstrar o que a fabricante anda projetando para futuros smartphones, o Concept Phone foi enviado para o site GSMArena, que testou a capacidade do sistema de carregamento super rápido, além de avaliar algumas das novidades implementadas pela Infinix no dispositivo.

Recarga completa em 10 minutos

Para atingir o carregamento de 160 W, o Concept Phone conta com um carregador que combina os compostos de Nitreto de Gálio (GaN) e Carbeto de Silício (SiC), tecnologias de ponta no mundo do carregamento, presentes inclusive em carros elétricos graças à alta eficiência que entregam. O acessório tem saída máxima de 20 V e 8 A e pesa pouco menos de 200 gramas, não sendo exatamente compacto, mas menor que fontes para notebooks.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O carregador do conceito da Infinix atinge saída de 20 V e 8 A paraa entregar potência de 160 W (Imagem: Reprodução/GSMArena)

A alta potência gera preocupações quanto ao calor e à saúde da bateria, pontos que a Infinix garante ter se preocupado com o desenvolvimento do aparelho. Segundo a empresa, 20 sensores de temperatura foram implementados para garantir que o telefone não passe dos 40 °C, havendo um total de 60 mecanismos de segurança.

Outro segredo para manter a saúde do componente sem afetar a velocidade é o foco na eficiência — quanto maior a eficiência, menos energia é convertida em calor, e consequentemente menos estresse é aplicado à bateria.

(Imagem: Reprodução/GSMArena)

Para isso, além do uso de GaN e SiC no adaptador, a fabricante utilizou quatro chips de carregamento para atingir 98,6% de eficiência, modificando ainda a bateria para apresentar menor resistência interna, e assim também gerando menos calor no componente.

Nos testes do GSMArena, a bateria de 4.000 mAh teve a carga zerada, para que o tempo completo fosse analisado. A promessa da Infinix é de que o telefone é capaz de recuperar 100% de bateria em 10 minutos, mas o portal mirou a análise em 12 minutos, em virtude de uma das funções extras habilitadas.

Nessas condições, o aparelho levou 11 minutos e 28 segundos para recarregar por completo, uma marca impressionante. Partindo dos 30% de carga, e com o telefone ligado, o modelo levou pouco mais de 9 minutos. Em ambos os casos, dentro de um ambiente controlado com temperatura de 25 ºC, tanto o dispositivo quanto o carregador variaram entre os 39,5 °C e os 40 °C, números bastante respeitáveis considerando a potência.

Traseira que muda de cor

O Infinix Concept Phone 2021 também demonstra mais duas tecnologias no vidro traseiro: um Filme Sólido Eletrocrômico (SECF) e um filme com Eletroluminescência (EL). Enquanto o primeiro é capaz de mudar de cor ao receber uma descarga elétrica, o segundo pode iluminar determinadas formas ao também receber um estímulo elétrico.

O filme eletrocrômico muda de prata para azul durante notificações específicas (Imagem: Reprodução/GSMArena)

No caso das versões implementadas no telefone, o SECF muda de um tom prata para azul quando, por exemplo, uma ligação é recebida. A transformação é gradual e pouco notável, além de temporária, ainda estando longe de atingir um nível comercial em que seria possível mudar a cor do telefone por completo.

Mais animador, no entanto, é o EL, que apesar de não apresentar brilho muito alto, tem futuro promissor para substituir os LEDs de notificação ou mesmo atuar como uma opção de personalização em celulares gamer. No telefone da Infinix, a tecnologia é adotada em uma faixa que parte do conector USB-C e chega à letra O na palavra "NOW" na traseira.

O filme de eletroluminescência acende para indicar o status da bateria durante o carregamento (Imagem: Reprodução/GSMArena)

Ela é utilizada para representar o nível de carregamento, e é o motivo pelo qual o GSMArena considerou o tempo de recarga como 12 minutos, já que uma espécie de bug impediu sua desativação.

Outros destaques

A tela, a capacidade de bateria e as câmeras do Concept Phone representam outros destaques do dispositivo, mas não foram levados em consideração na análise. Além de se tratar de um conceito, que não representaria o uso de um aparelho real, o foco é o sistema de carregamento de 160 W, além dos filmes SECF e EL.

O Concept Phone conta com tela AMOLED curvada de 6,67 polegadas e resolução Full HD+ (Imagem: Reprodução/GSMArena)

Aos curiosos, o telefone é equipado com chipset MediaTek Helio G95, acompanhado de 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. A tela curva traz painel AMOLED Full HD+ de 6,67 polegadas e abriga um sensor de selfies de 32 MP, com o conjunto de lentes traseiros oferecendo sensor principal de 64 MP, ultra wide de 8 MP e periscópio de 8 MP com zoom de até 60x.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.