Inspirados pelo MagSafe da Apple, carregadores Realme MagDart têm design vazado

Inspirados pelo MagSafe da Apple, carregadores Realme MagDart têm design vazado

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 22 de Julho de 2021 às 08h18
Divulgação/Apple

O lançamento da linha iPhone 12 foi responsável por criar duas tendências importantes que outras fabricantes devem adotar graças à grande influência que a Apple ainda possui no mercado de celulares: além do retorno ao corpo com laterais totalmente planas, temos como grande destaque a estreia do carregador MagSafe, e parece que a Realme já escolheu o que vai incorporar em seus dispositivos.

Imagens vazadas pelo site Gizmochina revelam detalhes de design do já esperado sistema de carregamento magnético sem fio da Realme que se inspira no MagSafe da Apple até mesmo em seu nome, esperado como Realme MagDart.

No início desta semana um registro da marca MagDart por parte da Realme no órgão europeu de propriedade intelectual confirmou que a fabricante estava preparando sua solução proprietária, e este novo vazamento destaca o design dos dois produtos iniciais.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Base de carregamento MagDart simples, semelhante ao MagSafe da Apple (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

A imagem acima nos apresenta um carregador MagDart quase idêntico ao MagSafe original da Apple, com um cabo conectado a um pequeno disco achatado com laterais de metal e, aparentemente, parte superior de vidro, onde está o logo da Realme e seu conhecido slogan "Dare to Leap".

Base de carregamento MagDart maior sugere mais potência de recarga (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

O mesmo acontece no segundo acessório MagDart vazado: uma enorme base de carregamento sem fio que é muito mais robusta que o disco achatado, o que sugere um poder de recarga wireless maior para quem não se incomoda em ter um acessório mais aparente no ambiente.

No corpo, podemos ver as mesmas laterais de metal e tampa de vidro, mas agoras com uma possível saída de ar e um conector USB-C logo acima.

A saída de ar sugere que a Realme deve apostar em velocidades extremas de carregamento sem fio, possivelmente atingindo potência de 65W ou mais e, nestas velocidades, as bobinas de cobre aquecem com muita rapidez, sendo necessário um sistema de refrigeração que deverá ser incluso no acessório.

De qualquer forma, ainda é desconhecido quando a solução será anunciada e para quais smartphones o sistema MagDart será compatível. Mais detalhes devem surgir em breve.

Fonte: Gizmochina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.