BlackBerry desiste de fabricar smartphones próprios; foco agora é software

Por Redação | 28.09.2016 às 10:03

Não deu para a BlackBerry. Depois de muito lutar, de mudar o sistema dos seus dispositivos para o Android e fazer de tudo para voltar ao páreo no mercado que um dia dominou, a empresa jogou a toalha e anunciou nesta quarta-feira (28) que está desistindo de fabricar hardware próprio.

O anúncio vem após a companhia divulgar uma perda líquida de US$ 372 milhões em seu relatório financeiro referente ao último trimestre fiscal. A receita registrada foi de apenas US$ 334 milhões.

"Chegamos a um ponto de inflexão com nossa estratégia", explicou John Chen, CEO da canadense. "No segundo trimestre nós conseguimos mais que dobrar a receita de software em relação ao ano passado e apresentamos a maior margem da história da companhia".

Diante disso, a empresa decidiu que o melhor a ser feito é encerrar as operações internas relacionadas a desenvolvimento e fabricação de hardware próprio. O último a ser lançado provavelmente será o DTEK60, cujas imagens e especificações vazaram hoje.

O plano, a partir de agora, é terceirar a fabricação de aparelhos com a marca BB, numa jogada semelhante a que a Nokia vem tentando fazer para retornar ao mercado. "Isso nos permitirá reduzir os custos e aumentar o retorno sobre o capital investido", disse Chen.

Via Re/Code