BlackBerry confirma lançamento do Priv, seu primeiro celular com Android

Por Redação | 25.09.2015 às 12:28

O melhor de dois mundos. Essa é a palavra de ordem da BlackBerry com o Priv, seu primeiro smartphone com Android, finalmente confirmado pelo CEO John Chen após meses e meses de especulações. O aparelho deve chegar às lojas até o final deste ano e une o extenso ecossistema do sistema operacional com as soluções de segurança que são a marca da fabricante canadense.

O aparelho é o mesmo que já vimos em imagens vazadas anteriormente, atendendo pelo codinome Venice. O formato quadradão, apenas na cor preta, traz a marca da oferta BlackBerry voltada para o segmento corporativo, enquanto o teclado slider físico deve fazer a alegria dos puristas e saudosistas, que ainda não se acostumaram com as teclas digitais, que também podem ser usadas para ações mais rápidas. O setor empresarial, aliás, é o grande foco aqui, evidenciado pelas ferramentas de segurança.

O Priv vem embarcado de fábrica com a suite de aplicativos BlackBerry Enterprise Service 12, que também pode ser baixada de forma independente em celulares com iOS e Windows Phone. Aqui, o foco é na privacidade das informações empresariais, sendo possível escolher exatamente o tipo de acesso que cada funcionário possui ao mesmo tempo em que protege as informações corporativas ou pessoais que estão dentro de cada aparelho.

BlackBerry Priv

Mesmo com o anúncio oficial, porém, a BlackBerry falou pouco sobre as configurações do aparelho. Os boatos indicam um dispositivo robusto, com tela de 5,4 polegadas e resolução de 1440 x 2560 pixels, rodando um processador de 1,44 GHz quad-core na parte interna, ao lado de 3 GB de memória RAM. O aparelho teria capacidade de gravar vídeos em alta resolução e 128 GB de espaço de armazenamento interno, expansível por meio de cartão microSD.

No anúncio, a BlackBerry fez questão de deixar bem claro que não está abandonando seu sistema operacional proprietário, e sim dando novas opções para seus clientes. A próxima atualização do BB 10 deve chegar em março, trazendo novidades para os usuários e incrementos na segurança de olho no mercado corporativo.

O lançamento do Priv marca uma mudança, para muitos, atrasada na abordagem da BlackBerry em relação ao mercado. Antes sinônimo de celular corporativo, a empresa vem amargando uma posição cada vez menor no segmento, tendo hoje apenas 0,5% do market share mundial de aparelhos. Sob a gestão de Chen, pelo menos, a empresa não perdeu ainda mais espaço, mas ao mesmo tempo, está longe da velha glória.

Fonte: VentureBeat