Apple pode ser julgada no STF por caso de lentidão em iPhones antigos

Apple pode ser julgada no STF por caso de lentidão em iPhones antigos

Por Alberto Rocha | 08 de Março de 2020 às 15h00
idownloadblog

A briga é antiga, lá de 2017, quando a Apple liberou atualizações de sistema para que o processador diminuísse a desempenho em aparelhos como o iPhone 6, iPhone 6s e iPhone SE, caso identificasse que a bateria estava fisicamente mais desgastada.

Em países como os Estados Unidos e França a companhia da maçã foi julgada e condenada a pagar multas milionárias de US$500 milhões e US$27,4 milhões, respectivamente, mas aqui no Brasil, ao que tudo indica, a situação não segue os mesmos rumos.

Contudo, de acordo com informações do site Tilt, a Apple tem vencido os processos abertos por consumidores em ação coletiva e, na esperança que a empresa seja julgada como nos fóruns internacionais, podem levar o caso para a instância do STF (Supremo Tribunal Federal).

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Justiça alega falta de provas suficientes

Mesmo com os exemplos internacionais, órgãos ligados ao Ministério da Justiça como a Secretaria Nacional do Consumidor e ministérios públicos regionais entendem que a Apple já tomou as providências em relação ao caso, não causando assim mais danos aos consumidores.

Lembrando que o problema foi descoberto por um usuário no fórum Reddit ao realizar testes de desempenho no seu iPhone 6 Plus antes e depois de trocar a bateria por uma nova.

Em seguida, inúmeros sites investigaram e notaram a mesma situação, até que o caso se espalhou globalmente pela internet e a Apple cada vez mais acusada de obsolescência programada.

Fonte: Tilt  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.