Publicidade

Apple não fará mais reparos gratuitos da tela de iPhone na garantia

Por| Editado por Wallace Moté | 06 de Junho de 2024 às 08h17

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Tudo sobre Apple

A Apple aplicou recentemente uma mudança na sua política de reparos para modelos de iPhone e Apple Watch nos Estados Unidos. Agora, os produtos que têm rachaduras na tela deixarão de ter uma troca gratuita do componente, mesmo que estejam dentro da garantia de um ano após a compra.  

Os dispositivos que estão nessa condição serão identificados na categoria de “danos acidentais”, que prevê o pagamento de uma taxa específica para esse tipo de serviço. 

Continua após a publicidade

Na prática, as novas normas da Apple nos EUA estão sendo igualadas ao que já acontece em outros países do mundo. No Brasil, a empresa já nega a troca gratuita da tela, afirmando que “danos acidentais não estão cobertos pela garantia Apple”.

Nos EUA, a mudança foi informada por meio de memorandos para todas as unidades de serviço autorizado, incluindo as lojas Apple Store. 

As alterações são válidas apenas para unidades do iPhone ou do relógio Apple Watch. Por isso, ainda estão disponíveis os reparos gratuitos para produtos como o iPad e Mac — ao menos por enquanto. 

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A empresa não especificou o que motiva a mudança das regras. De qualquer forma, residentes dos EUA apontam que elas nunca foram cumpridas de forma uniforme nos centros de reparo, já que algumas unidades concediam a troca sem custos, enquanto outras cobravam por isso. 

Nos EUA, o preço cobrado pela troca de tela é de US$ 29 (cerca de R$ 154 em conversão direta) para quem tem o AppleCare+, garantia extra que pode custar até US$ 13 (~R$ 69) por mês. Já quem não assina o serviço precisará desembolsar algo entre US$ 199 e 329 (~R$ 1.055 a 1.744) para trocar o display do iPhone. 

Fonte: Apple