Produtora revela os primeiros detalhes sobre a série The Witcher

Por Rafael Rodrigues da Silva | 18 de Julho de 2019 às 21h40
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

Inspirada nos livros de Andrzej Sapkowski, a série The Witcher será uma das maiores produções já bancadas pela Netflix e um dos principais lançamentos do streaming para este ano. E, enquanto se preparava para o painel da série na San Diego Comic Con, a showrunner de The Witcher, Lauren Hissrich, revelou os primeiros detalhes do que podemos esperar da produção da Netflix.

O primeiro ponto abordado pela produtora é que as pessoas não deverão comparar a série com os jogos de videogame da franquia The Witcher. Ela afirma categoricamente que não apenas será uma adaptação focada nos livros, como é uma adaptação que seguirá um caminho diferente daquele trilhado pelos jogos, o que criará algumas narrativas novas até mesmo para os maiores fãs da saga.

A história terá como foco um núcleo composto pelos personagens Geralt, Yennefer e Ciri. Ainda que todos eles passem por aventuras cheias de monstros, duelos de espada e magia, tudo irá retornar para a relação entre os três, e de como o estranho núcleo familiar formado por eles é algo importantíssimo para os personagens, ainda que nenhum deles queira aceitar isso.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Henry Cavill como Geralt de Rivia (Imagemn: Netflix)

Hissrich também revelou que a série será uma “história adulta” em todos os sentidos. Isso porque ela não apenas terá cenas de sexo e violência explícita (mas sempre como uma ferramenta para avançar a trama, e nunca para apenas chocar quem está assistindo), como também terá uma narrativa complexa, onde não existirão heróis e vilões definidos, e todos os personagens são capazes de feitos heróicos e vilanias. Ainda, garante que os espectadores da série verão sua simpatia por um personagem mudar a todo momento.

Outro fato comentado pela produtora é que podemos esperar muitos monstros na história. Ele comenta que, ainda que monstros sejam uma parte integrante de muitas histórias de fantasia, eles normalmente são deixados de lado em muitas séries, que preferem dar mais atenção para uso de magia. Isso não irá acontecer em The Witcher: como Geralt é um caçador de monstros, eles serão muito importantes para a história, e não funcionarão apenas como um motivo para que o protagonista utilize sua espada, mas também também serão em si uma parte importante da sociedade, e influenciarão nas relações existentes entre as pessoas.

A produtora também comentou sobre as escolhas para o elenco, principalmente a de Henry Cavill para viver o bruxo Geralt e a de Freya Alan para o papel de Ciri. Hissrich comentou que assim que a notícia de que a Netflix havia confirmado que iria produzir uma série sobre The Witcher, o próprio Cavill entrou em contato com ela falando que largaria tudo para viver o bruxo Geralt. Na época do anúncio, Cavill ainda era o Superman do Universo CInematográfico DC e havia acabado de gravar sua participação em Missão: Impossível - Fallout. Ela comenta que Cavill é um enorme fã da série e já havia lido todos os livros e jogado todos os jogos quando surgiu o anúncio da Netflix, e foi esse amor pelo universo da trama que o fez se oferecer para o papel independente de outros contratos que ele já possuía. Na época, ela falou para ele “ter calma”, pois quando o ator entrou em contato foi tão no início do projeto que eles nem haviam começado a escrever os roteiros dos episódios, mas depois de testar mais de 200 atores para o papel, ficou claro que nenhum deles conseguiria entender o personagem tão bem quanto Cavill, que acabou sendo o escolhido para o papel do bruxo Geralt.

Freya Allan como Ciri (Imagem: Netflix)

Já a escolha de Ciri acabou gerando uma enorme controvérsia entre os fãs na internet, mas Hissrich pede para que todos esperem o resultado final antes de reclamar. Ela afirma que a Freya Allan, que acabou ficando com o papel, apesar de novata no ramo da atuação é um talento raro, e é tão natural em sua interpretação da personagem que consegue competir de igual para igual nas cenas que divide com Cavill, um experiente ator com diversos filmes gigantescos na carreira.

Infelizmente, a produtora não deu nenhuma pista de quando a série irá estrear e nem de quando deveremos ter um primeiro trailer, mas existem rumores de que a Netflix deverá disponibilizar o primeiro trailer de The Witcher nesta sexta (19), durante o painel da série na San Diego Comic Con. Já a data de lançamento está prevista ainda para este ano, e o CEO da Netflix já confirmou em reunião com investidores que essa será a grande série do streaming para o último trimestre, e deverá estrear no começo de dezembro.

Fonte: EW

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.