Publicidade

Crítica Succession | Temporada 4 encerra jogos de poder na hora certa

Por| Editado por Jones Oliveira | 03 de Abril de 2023 às 20h30

Link copiado!

HBO
HBO

Acaba de estrear na HBO Max a quarta e última temporada de Succession. Assim como Ted Lasso, do Apple TV+, a série se despede dos fãs no seu auge, evitando correr o risco de perder a qualidade apenas para se manter no ar.

O episódio de estreia da temporada final de Succession já mostrou que os momentos finais da história da família Roy e a busca pelo poder serão repletos de conflitos. A trama começou indo direto ao ponto, já que chegou a hora de concluir essa disputa de uma vez por todas.

Atenção: esta crítica pode conter spoilers de Succession!

Continua após a publicidade

A quarta temporada de Succession já estreou bem avaliada no Rotten Tomatoes, com 100% de aprovação, o que não é uma surpresa para os fãs. A trama conquistou o público da HBO e HBO Max ao combinar jogos de poder com drama e humor na medida certa.

Com uma vida completamente distante de seu público, Succession acompanha a vida não de milionários, mas sim de bilionários. Filhos e agregados de Logan Roy (Brian Cox) cresceram cercados de dinheiro, sem qualquer noção da realidade e motivados pela ambição.

Continua após a publicidade

Jesse Armstrong, criador da série da HBO, conseguiu encantar apresentando a vida de pessoas extremamente gananciosas, para não dizer cruéis. Desde o humor ácido nos diálogos aos comportamentos tão absurdos que chegam a ser cômicos, a quarta temporada começa com a certeza de que teremos um fechamento digno ao que a série sempre se propôs.

Na temporada 4 de Succession, os filhos cortaram de vez as relações profissionais com o pai, se tornando seus piores inimigos. Por mais complicada que a situação seja, a série aposta toda sua capacidade nesse embate que, como sempre, traz conversas insanas que satisfazem nossa sede de entretenimento.

A nova temporada do drama também destaca novamente a interpretação incrível do elenco, com destaque aos filhos, claro. Roman (Kieran Culkin), Shiv (Sarah Snook) e Kendall (Jeremy Strong) têm uma sintonia desastrosa, mas hilária, mérito não só do roteiro ácido, como da atuação impecável do trio.

Continua após a publicidade

A temporada final de Succession promete encerrar bem, sendo lembrada como um dos trabalhos mais admiráveis de Jesse Armstrong. A disputa pela cadeira principal da Waystar Royco agora se tornou uma guerra para descobrir quem é mais poderoso, manipulador e, claro, rico.

A quarta e última temporada de Succession ganha novos episódios todos os domingos na HBO Max.