Publicidade

Crítica O Menino Maluquinho | Nova animação explora bem o imaginário infantil

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Outubro de 2022 às 17h30

Link copiado!

Netflix
Netflix
Tudo sobre Netflix

Nascidos na década de 1980 devem lembrar com clareza da popularidade da história em quadrinhos O Menino Maluquinho, criada pelo cartunista Ziraldo.

O personagem fez tanto sucesso na época que depois ganhou adaptações para o audiovisual. O produtor Cao Hamburguer e a roteirista Anna Muylaert, por exemplo, se uniram em 2006 para lançar uma série de O Menino Maluquinho de uma temporada.

Antes, em 1994, a história virou um filme protagonizado por Samuel Costa, e anos depois ganhou algumas sequências. Agora, O Menino Maluquinho ganhou um desenho divertido, desta vez pela Netflix.

Continua após a publicidade

Imaginação

O Menino Maluquinho estreou em nove episódios na Netflix, trazendo as aventuras de um garoto que está sempre se metendo em confusão. A sinopse original do personagem, além do próprio título da história, já indica que o menino é não só uma criança alegre, como criativa e que gosta de aprontar.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A nova série traz bastante energia, principalmente caótica, e acontecimentos baseados na imaginação do pequeno personagem. A animação não traz grandes histórias e aventuras, mas sim um mergulho no imaginário infantil e tudo o que está relacionado a isso. Na nova produção, todas essas questões ficam muito evidentes.

Cores e cenários

Na questão do audiovisual, O Menino Maluquinho é uma série que, claramente, consegue conquistar as crianças, já que traz muitas cores e elementos divertidos no cenário. Tudo isso, claro, com as tradições brasileiras e não muito "norte-americanizadas".

Continua após a publicidade

Vemos, por exemplo, uma cozinha bastante comum de nosso país, contando ainda com um clássico filtro de barro. O cachorro caramelo, "raça" bastante comum por aqui, também marca sua presença no desenho. A animação traz ainda diversidade em seus personagens, o que não era comum de acontecer antigamente.

Com episódios curtos que exploram a imaginação infantil em cores e diálogos divertidos, a nova versão de O Menino Maluquinho é bastante satisfatória. Conseguimos provar, mais uma vez, que o Brasil é um país rico em cultura e em talentos com potencial para criarem grandes obras para crianças e adultos.

Os nove episódios da primeira temporada de O Menino Maluquinho já estão disponíveis para maratonar na Netflix.