Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Bebê Rena | Mulher que inspirou série da Netflix diz ser a verdadeira vítima

Por| Editado por Durval Ramos | 29 de Abril de 2024 às 11h54

Link copiado!

Divulgação/Netflix
Divulgação/Netflix
Tudo sobre Netflix

Bebê Rena, atual fenômeno da Netflix, vem dando o que falar não só na frente, mas também atrás das câmeras. A mulher que inspirou a minissérie criada e estrelada por Richard Gadd com base em uma experiência que ele viveu alguns anos atrás foi supostamente reconhecida pelo público da produção e, agora, alega ser a verdadeira vítima do show.

Lançada em 11 de abril na Netflix e atual série mais vista da plataforma em 30 países, incluindo o Brasil, EUA e Reino Unido, a produção britânica é baseada em uma história que Gadd viveu no início de sua carreira e que é mostrada aqui por meio de versões ficcionais e com nomes falsos dos personagens.

Continua após a publicidade

Dividida em sete episódios, a trama segue os passos de Donny Dun, um comediante frustrado que trabalha como bartender para pagar as contas e conhece Martha, uma mulher fragilizada e um pouco mais velha do que ele e que aparece no pub em que trabalha.

Compadecido da situação da desconhecida, Dun oferece então uma bebida de graça para Martha, sem imaginar que seu gesto de bondade faria com que ela se transformasse em sua “admiradora nº 1” e uma stalker que o perseguiria dia e noite.

Para se ter ideia, segundo Gadd, na vida real, Martha chegou a enviar para ele nada menos do que 41.071 e-mails, 350 horas de correio de voz, 744 tweets, 46 mensagens no Facebook, 106 páginas de cartas, comprimidos para dormir, um gorro de lã, uma cueca samba-canção e uma rena de pelúcia. Tudo isso enquanto o perseguia em sua casa, trabalho e shows de stand-up.

Suposta “Martha” alega ser a verdadeira vítima

Embora a minissérie da Netflix tenha preservado a identidade de todas as pessoas envolvidas na história, não demorou muito para que a internet descobrisse quem era a Martha da vida real.

As informações mostradas pela produção, inclusive, ajudaram bastante nesse processo, já que, tirando os nomes dos personagens, todos os outros elementos do show batem com o perfil da mulher. Dados que incluem não apenas a sua idade, nacionalidade, formação acadêmica, local em que mora e semelhança física, mas também seu histórico criminal de perseguidora, descoberto por Donny Dun ainda no primeiro episódio.

Continua após a publicidade

Isso fez com que rapidamente os fãs da série chegassem até o nome da suposta stalker, que diz ter recebido ameaças de morte, além de mensagens de abuso online desde então. “Eu sou a vítima. Ele escreveu um maldito programa sobre mim”, desabafou para o Daily Mail.

De acordo com a mulher, que não teve a identidade revelada, Gadd estaria usando agora Bebê Rena para persegui-la, já que ela não é uma stalker e o roteiro do show foi criado para “intimidar uma mulher mais velha na televisão por fama e fortuna”.

Ainda segundo a entrevistada, “Richard Gadd tem a síndrome do personagem principal. [...] Ele sempre pensa que está no centro das coisas. Não estou escrevendo programas sobre ele nem os promovendo na mídia, estou? Se ele quisesse que eu fosse devidamente anônima, ele poderia ter feito isso. Gadd deveria me deixar em paz”.

Continua após a publicidade

Mulher aponta furo na série da Netflix

Além das acusações feitas a Richard Gadd, criador e protagonista de Bebê Rena, contra o qual a mulher, inclusive, considera tomar medidas legais, a suposta Martha ainda contou ao portal que notou um “furo” na história da Netflix.

De acordo com a suposta inspiradora do show, ela nunca teve uma rena de brinquedo ou conversou com o comediante sobre algum brinquedo que teve em sua infância. Uma informação que quem assistiu à produção da Netflix sabe ter relação com o nome da série — o apelido pelo qual Martha passa a chamar Donny e vem de uma rena de pelúcia que ela tinha quando pequena e a confortava nos momentos difíceis.

Continua após a publicidade

Minissérie britânica de sete episódios, Bebê Rena está disponível na Netflix.