Quanto valem os seus dados roubados?

Por Redação | 05 de Fevereiro de 2018 às 09h21
photo_camera Reprodução

Não é segredo para ninguém que, nos becos escuros da web, informações pessoais adquiridas de forma ilícita são negociadas por quantias significativas. Mas você sabe quanto cada uma das informações roubadas costumam valer quando vendidas?

Claro que a resposta para essa pergunta varia dependendo de qual informação é, além de também ser diferente de país para país. Entretanto, um levantamento feito pela Experian sobre a venda de dados roubados pode nos fornecer uma ideia razoável de quanto os cibercriminosos ganham com cada uma das informações, por mais que a realidade estudada seja a dos EUA.

Quais os dados mais comumente roubados e quanto eles valem?

  • Número do Seguro Social: US$ 1 (R$ 3, em conversão direta); 
  • Cartão de crédito: de US$ 5 a US$ 110 (entre R$ 16 e R$ 355, em conversão direta). Se for acompanhado do CVV, código de três números que vem escrito no cartão físico e que possibilita compras online, mais US$ 5 são acrescentados. Se houver informações bancárias associadas, o acréscimo é de US$ 15 (o que equivale a cerca de R$ 48). Já o "Fullz info", termo utilizado para designar um pacote contendo o nome completo da vítima, seu número de seguro social, data de nascimento, números de conta bancária e quaisquer outras informações que facilitem golpes com cartões de crédito, US$ 30 (cerca de R$ 97) são somados ao total; 
  • Logins de serviços de pagamento online, como o Paypal: de US$ 20 a US$ 200 (ou de R$ 64 a R$ 645, em conversão direta); 
  • Pontos de fidelidade em programas: US$ 20 (R$ 64, em conversão direta); 
  • Serviços de Assinatura: de US$ 1 a US$ 10 (de R$ 3 a RS 30, em conversão direta); 
  • Diplomas: de US$ 100 a US$ 400 (R$ 310 a R$ 1280, em conversão direta); 
  • Carteiras de Motorista: US$ 20 (R$ 64, em conversão direta); 
  • Passaporte (de origem dos EUA): de US$ 1000 a US$ 2000 (R$ 3200 a R$ 6500, em conversão direta); 
  • Laudos médicos: a depender do detalhamento dos dados, de US$ 1 a US$ 1000 (de R$ 3 a R$ 3200, em conversão direta).

Os dados foram coletados nos EUA ao longo dos últimos dois anos e são uma média dos valores encontrados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Fox News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.