O que é spam e como evitá-lo

Por Guadalupe Carniel | 12 de Fevereiro de 2021 às 19h30
Hytrade

Você já recebeu mensagens indesejadas de como emagrecer, ficar rico ou outras promessas no e-mail, redes sociais, mensageiros e celular? O nome disso é spam. Essa prática é tão comum que é bem possível dizer que todos já receberam algum spam durante a vida.

O spam (Sending and Posting Advertisement in Mass, na sigla em inglês que significa, envio e publicação de anúncios em massa) são mensagens eletrônicas que são enviadas ou postadas para muitas pessoas sem que elas tenham sido solicitadas em um curto espaço de tempo.

As formas mais conhecidas do spam são com comerciais para vender produtos ou serviços, correntes e boatos que induzem a repassá-las ou golpes e malwares como a finalidade de roubar dados dos usuários.

O nome surgiu por conta de uma esquete do grupo de humor britânico Monty Python, em que ao irem a uma cafeteria, veem que todos os produtos do cardápio são de uma marca de presuntos enlatados chamado Spam e, mesmo que o cliente quisesse outra coisa, era só o que tinha.

Abaixo, sabia como o spam consegue seus dados, como identificar e como evitá-lo.

Como os spams conseguem seus dados

Usando programas de computador, são varridas redes sociais, comentários em blogs, que solicitam o acesso via email ou outras plataformas e então são minerados endereço de email ou telefone.

Como identificar um spam?

A maneira mais fácil de identificar um spam é se lembrar do que ele é: uma mensagem enviada sem sua solicitação.

Também é comum o uso de títulos apelativos para que o usuário sinta vontade de abrir o email, produtos milagrosos ou muito baratos ou uso de um remetendo obscuro, ou seja, um email com endereço de caracteres aleatórios.

Podem conter notícias sensacionalistas ou correntes para convencer o usuário a fazer uma ação, como clicar ou enviar para outras pessoas.

Canais mais usados para o spam

O email spam é a forma mais conhecida desta prática. No entanto, muitos servidores rastreiam o IP do servidor de quem envia a mensagem e ela é considerada spam, indo diretamente para esta pasta do email. As mensagens que não são consideradas spams pelo usuário e então ela passa a ser autorizada a ser recebida na sua caixa de entrada, que é chamado de opt-in.

As redes sociais também podem ser uma fonte de spams como grupos que promovem produtos ou por ferramentas específicas das próprias redes que veiculam anúncios com base nos gostos do usuário.Assim como o SMS, WhatsApp e outros mensageiros podem receber anúncios dos mais variados tipos.

Outra maneira comum de spam é usar comentários de fóruns de discussão e blogs para promoverem páginas através de links para que o buscadores notem a quantidade de links que aquela página ou site tenha e posicionarem nos mecanismos de busca.

Como evitar o spam

Não existe uma forma de acabar com o spam, porém é possível reduzir consideravelmente a quantidade de mensagens deste tipo recebidas. Listamos abaixo algumas formas de evitá-lo:

1. Não divulgue seu email ou telefone em redes sociais ou comentários públicos;

2. Limite ao máximo sua privacidade em perfis de redes sociais;

3. Mantenha seu sistema operacional do computador ou celular sempre atualizado e use antivírus nestes dispositivos;

4. Tome cuidado ao fazer downloads de arquivos de sites duvidosos e evite acessar seu conteúdo;

5. Cuidado ao se cadastrar em newsletters de sites, porque ao mesmo tempo que eles podem enviar estas informações, podem compartilhar seus dados ou usá-lo para vender produtos. Ou crie um e-mail alternativo para receber este tipo de conteúdo;

6. Verifique sempre a política de privacidade dos sites em que se cadastrar e desmarque a opção de envio de mensagens de promoções;

7. Se chegar algum email na sua caixa de entrada e você notou que é spam, não a exclua. Você continuará recebendo emails deste remetente; marque-o como spam e o filtro do servidor do seu email bloqueará para você;

8. Se você quer cancelar o recebimento de um email de spam, não clique em “responda a essa mensagem se não quiser mais receber nossas mensagens’’ ou algo parecido. O spammer verificará que seu email está válido e continuará enviando mensagens. Por isso, o melhor é sempre marcá-lo como spam;

9. Não acesse o site anunciado no spam e não faça compras em sites que seguem essa prática;

10. Cuidado com formulários de sites: os spammers usam bots para varrerem páginas de formulário e extraírem dados;

11. No caso de celulares, é possível bloquear números indesejados tanto para receber ligações, quanto nos mensageiros que são usados. Outra forma possível é pedir o bloqueio de ligações de telemarketing no Não me Perturbe, um serviço gratuito da Anatel para restringir este tipo de serviço.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.