Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é spam?

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 23 de Fevereiro de 2024 às 14h50

Link copiado!

Geralt/Pixabay
Geralt/Pixabay

O spam consiste em uma prática para enviar mensagens indesejadas por e-mail, redes sociais e afins com ofertas de produtos e serviços. Seu nome vem de uma esquete do grupo de humor britânico Monty Python que zomba da marca de presunto enlatado Spam.

O que é spam?

Spam é um termo usado para disparos em massa de mensagens eletrônicas indesejadas cujo recebimento sequer foi autorizado pelo destinatário. Essa prática é mais popular no e-mail, mas também acontece em outros canais.

Continua após a publicidade

No geral, o fenômeno acontece durante campanhas de marketing para divulgar promoções com envio de mensagens incessantes, que lotam a caixa de email. A prática de spam, no entanto, também pode ser enquadrada no envio de fraudes e outras tentativas de causar prejuízos financeiros às vítimas.

Quais são os tipos de spam?

A maior parte dos casos de spam se concentra no email, já que é comum receber um mar de mensagens sem utilidade que lotam a caixa de entrada todos os dias. Outras plataformas são alvo da prática, como é o caso dos comentários de publicações em redes sociais.

Algumas empresas exploram meios ainda mais invasivos para promover produtos ou serviços, como ligações telefônicas, SMS e até mesmo mensagens enviadas pelo WhatsApp

De onde vem a palavra “spam”?

O nome vem de um enlatado que se popularizou no Reino Unido durante o pós-Segunda Guerra Mundial: o Spam, um acrônimo para “Spiced Ham” (presunto temperado, em português). Na época, o produto foi consumido em exaustão pois não entrou na lista do racionamento de alimentos.

Contudo, a prática recebeu o título a partir de uma sátira do Monty Python, que apresenta uma cafeteria que tenta empurrar Spam para os clientes em todos os pratos. E mesmo quando o consumidor não quer, ele recebe Spam — bem parecido com o que acontece no e-mail de quase todo mundo atualmente.

Continua após a publicidade

Todo spam tem vírus e outras ameaças?

Não. O spam, em boa parte do tempo, acontece durante o envio de conteúdos promocionais que não foram solicitados ou que seguem práticas abusivas, como enviar múltiplas mensagens para uma pessoa no mesmo dia.

Por outro lado, há quem realize spam para aplicar golpes financeiros ou até mesmo roubar dados dos usuários através de propostas imperdíveis e falsas, por exemplo. 

Continua após a publicidade

O phishing é outro ponto de preocupação: esse tipo de golpe consiste no uso de mensagens falsas que se passam por comunicados do setor de TI para funcionários, avisos de bancos para correntistas, entre outros casos, para roubar dados e infectar computadores com vírus.