Novos iOS e macOS alertarão sobre senhas fracas ou vazadas

Por Rubens Eishima | 06 de Julho de 2020 às 13h00
Apple/reprodução
Tudo sobre

Saiba tudo sobre iPhone

Ficha técnica

O recurso Chaves do iCloud ganhará reforços de segurança a partir do iOS 14 e macOS Big Sur. Além de sincronizar senhas entre diferentes dispositivos da Apple, a ferramenta vai indicar quando as combinações escolhidas forem fáceis de adivinhar ou tiverem sido listadas em vazamentos de sites hackeados.

Integrado ao navegador Safari, as “Recomendações de Segurança” das Chaves do iCloud alertarão o usuário sobre senhas usadas por muitas pessoas ou com sequências óbvias — 123456 ou senha123, por exemplo.

O recurso das Chaves pode ser ativado na opção “iCloud” dentro do app de ajustes do iOS. No macOS, a ferramenta é acionada nas "Preferências do Sistema", dentro das opções “ID Apple” e “iCloud”.

De acordo com a Apple, as informações armazenadas são criptografadas, tanto para armazenamento no aparelho quanto para a sincronização entre dispositivos. A ferramenta pode ser usada não apenas para guardar nomes de usuário e senhas, como também informações do cartão de crédito para preenchimento automático e códigos de acesso para redes Wi-Fi.

Outros sistemas e apps

O novo recurso do iCloud/iOS/macOS é semelhante a outros já oferecidos por gerenciadores de senha ou serviços independentes.

Para quem sincroniza senhas na conta do Google, seja no Chrome ou no Android, a empresa oferece a opção no endereço passwords.google.com.

Apesar de não integrada no gerenciador Firefox Lockwise, uma ferramenta de checagem de senhas vazadas é oferecida pela Mozilla na página monitor.firefox.com.

Fonte: Apple (1, 2) via 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.