4 dicas de segurança para proteger seus arquivos em nuvem

Por André Lourenti Magalhães | 28 de Setembro de 2020 às 09h00
Imagem: André Magalhães/Canaltech. Ícone: Freepik

O armazenamento em nuvem é uma das principais opções para guardar arquivos importantes. Utilizando um serviço do tipo, como o Dropbox, Google Drive, iCloud ou OneDrive, é possível acessar documentos salvos através de qualquer dispositivo, precisando apenas de conexão à internet. Funciona, portanto, como uma excelente forma de backup.

Obviamente, a segurança e a proteção desses arquivos são fatores muito importantes. Os principais serviços de armazenamento em nuvem oferecem opções que evitem o comprometimento desses documentos, especialmente por conta do acesso em diferentes plataformas. Confira, abaixo, algumas dicas que podem te ajudar a proteger seus arquivos!

1. Autenticação em dois fatores

Procedimento é importante medida de segurança online (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A autenticação em dois fatores é uma das mais populares medidas de segurança digital. A cada tentativa de login, um código é enviado por e-mail, celular ou outra plataforma. Dessa forma, não é possível acessar apenas com o endereço de usuário e senha, exigindo uma segunda forma de validação.

Essa medida é encontrada nos principais serviços de armazenamento em nuvem. Nos casos de Google Drive e OneDrive, a autenticação é feita com as respectivas contas de Google e Microsoft, englobando as plataformas.

2. Código para acesso

Dropbox permite o uso de código para acesso no celular (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Alguns aplicativos de armazenamento oferecem a possibilidade de determinar um código PIN para acesso. A medida é muito comum nas versões para celulares e pode ser importantíssima em ocasiões como a perda ou roubo do aparelho. No caso do Dropbox, ao ativar a função, não é possível visualizar nenhuma tela do app sem antes digitar o código de segurança.

3. Gerenciar opções de compartilhamento

Escolha com quem compartilhar arquivos (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

Um recurso muito comum em serviços de nuvem é a possibilidade de compartilhar arquivos e pastas com diferentes contatos. Isso, no entanto, pode significar uma perigosa exposição a invasores e acesso a dados sensíveis. Dependendo do conteúdo compartilhado, é recomendável evitar a criação de um link para acesso, optando pelo convite direto por e-mail.

Além disso, as principais plataformas disponibilizam uma opção para controlar as permissões dos convidados. Antes de compartilhar, verifique se deseja que as pessoas tenham a liberdade de editar as pastas e documentos ou se estarão disponíveis apenas para visualização.

4. Controle o acesso por diferentes dispositivos

Uma das maiores vantagens do armazenamento em nuvem é acessar seus arquivos em qualquer lugar, usando um dispositivo com conexão à internet. É importante, porém, prestar atenção nesses locais de acesso. Lembre-se de desconectar-se da sua conta ao usar um computador público ou o aparelho de outra pessoa, evitando que seus dados fiquem expostos e salvos no computador de terceiros.

Além de alertas de acesso por novas fontes, enviados por e-mail, é possível desconectar dispositivos à distância pelo Google Drive, OneDrive e Dropbox.

Seguindo essas dicas, é possível reforçar a segurança de seus arquivos em nuvem. Possui outra sugestão? Comente!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.