Cuidado! Páginas falsas de bancos no Facebook são usadas para aplicar golpes

Cuidado! Páginas falsas de bancos no Facebook são usadas para aplicar golpes

Por Felipe Gugelmin | Editado por Claudio Yuge | 18 de Agosto de 2021 às 11h00

Usando o sistema de criação de páginas do Facebook, cibercriminosos estão aplicando golpes sofisticados nos quais se passam por bancos e serviços financeiros para roubar dinheiro de suas vítimas. Segundo uma análise conduzida pela empresa de cibersegurança Cyren, os golpistas são eficientes em disfarçar suas ações e configuram até mesmo chatbots para lidar com o atendimento aos alvos.

A descoberta foi feita após o pesquisador responsável receber uma mensagem de SMS alertando que havia algo de errado com sua conta. Ao procurar pela empresa responsável na rede social, ele descobriu a existência de duas páginas bastante semelhantes, que só podiam ser diferenciadas pelo fato de a legítima possuir um símbolo de verificação.

Imagem: Divulgação/Cyren

Além disso, a página usada pelos golpistas não possuía nada preenchido no campo destinado a fornecer detalhes sobre a instituição. Fora isso, tudo era semelhante, inclusive o sistema de atendimento ao cliente automatizado (chatbot), que fornecia um número de telefone para contato e uma série de perguntas feitas por um agente de suporte falso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Golpe roubava dados bancários

Segundo a Cyren, após alguns momentos de conversa com o agente falso, ele questionava se a pessoa que acessou a página falsa possuía acesso aos serviços online do banco. Em caso positivo, era solicitado o compartilhamento da identidade de usuário e dos quatro últimos números do cartão de crédito — se a resposta era negativa, os golpistas solicitavam uma fotografia do cartão do alvo.

Imagem: Divulgação/Cyren

Ao adotar qualquer uma das recomendações, a vítima tinha seus dados bancários comprometidos, garantindo aos criminosos a possibilidade de acessar serviços online ou realizar compras em seu nome. Os pesquisadores alertam que o método mais seguro de se proteger de golpes do tipo é ficar atento à presença dos selos de verificação do Facebook e checar alguns detalhes em buscas de páginas falsas.

Números de seguidores, curtidas e comentários podem indicar que uma página foi criada recentemente e não necessariamente corresponde aos serviços que diz fornecer. Além disso, quem procura por ajuda com serviços bancários deve procurar pelos sites oficiais das empresas para entrar em contato com sistemas de suporte. Caso você detecte uma página fraudulenta, o melhor a fazer é não interagir com ela e alertar o sistema de suporte da rede social para ajudar a evitar que outras pessoas sejam vítimas.

Fonte: Cyren, TechRadar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.