Cristiano Ronaldo e Messi são usados para infectar máquinas às vésperas da Copa

Por Redação | 05 de Junho de 2014 às 12h29

Grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo, que terá início no próximo dia 12, geralmente servem como isca para que cibercriminosos se aproveitem de internautas mal informados e desprotegidos.

Pensando nisso, a McAfee, parte da Intel Security, liberou nesta quarta-feira (04) um ranking com os nomes dos 11 jogadores que vêm sendo mais utilizados como isca para infectar computadores. Intitulada "Clube do Cartão Vermelho McAfee", a lista é encabeçada pelo jogador português Cristiano Ronaldo, que é seguido de perto pelo craque argentino Lionel Messi como os dois nomes que apresentam maior risco em pesquisas na internet.

Segundo a pesquisa da empresa de segurança digital, os nomes vêm sendo utilizados por criminosos virtuais que se aproveitam do interesse dos consumidores pelo esporte para atraí-los a sites repletos de malwares, cujo objetivo é roubar senhas e informações pessoais.

Ainda de acordo com a empresa, o maior risco está em sites que oferecem downloads de protetores de tela, vídeos e imagens que mostram os jogadores em ação. Ao pesquisar pelo jogador português considerado o melhor do mundo em 2013, a probabilidade de acessar um site infectado com malwares, spywares, adwares, spam, phishing ou vírus é de 3,7%.

Para Paula Greve, diretora de pesquisas em segurança da web da McAfee, a iniciativa serve para alertar os consumidores e enconrajá-los a adotar hábitos mais seguros. "Considero o Clube do Cartão Vermelho McAfee como nossa iniciativa para alertar os consumidores a não deixar que seu amor pelo esporte prevaleça sobre a segurança digital", disse a executiva. "Os cibercriminosos estão ansiosos para se aproveitar da enorme empolgação com os jogos que ocorrerão no Brasil. O perigo está no fato de que essa expectativa possa levar os fãs a fazerem downloads de conteúdos de páginas indevidas", conclui Greve.

A lista completa com os nomes dos jogadores mais utilizados pelos cibercriminosos pode ser conferida logo abaixo:

Classificação Jogador Time Percentual de risco
1 Cristiano Ronaldo Portugal 3,76%
2 Lionel Messi Argentina 3,72%
3 Iker Casillas Espanha 3,34%
4 Neymar Brasil 3,14%
5 Karim Ziani Argélia 3,00%
6 Karim Benzema França 2,97%
7 Paulinho Brasil 2,81%
8 Edinson Cavani Uruguai 2,67%
9 Fernando Torres Espanha 2,65%
10 Eden Hazard Bélgica 2,50%
11 Gerard Piqué Espanha 2,45%

A empresa também sugere uma série de dicas para que os usuários se protejam desse tipo de ameaça. Entre elas estão:

  • Os ditos downloads gratuitos são os termos de pesquisa mais propensos a conter vírus. Aqueles que pesquisam os termos de vídeos ou arquivos para download devem ter cuidado para não instalar malwares no computador;
  • Nos dispositivos móveis, a dica é sempre possuir uma senha de proteção. Se o aparelho for perdido ou roubado, isso evita que terceiros tenham acesso aos seus dados, arquivos e informações;
  • Sempre tenha instalada uma solução de segurança confiável. Apesar de ser a dica mais batida de todas, até hoje ela continua super atual. Afinal de contas, em tempos de Copa, todo cuidado é pouco.
Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.