5 dicas para proteger o seu e-mail de ações maliciosas

5 dicas para proteger o seu e-mail de ações maliciosas

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 07 de Março de 2022 às 23h30
jannoon028/Freepik

Ter um e-mail é algo extremamente comum em 2022, seja para trabalho ou mesmo somente para utilizar serviços na internet. Ao mesmo tempo, as mensagens eletrônicas ainda são vetores de muitas ameaças para o mundo inteiro, o que aumenta a necessidade de usuários saberem como se proteger delas.

Muitos e-mails são vetores para diferentes golpes, com intenção de roubar dados das vítimas e então realizar fraudes, seja pelo próprio sistema de mensagens eletrônicas ou invasões de contas de outros serviços, como bancários.

Mas, embora perigoso, há formas de se proteger, conforme compartilhado com o Canaltech pela Kinghost, empresa de hospedagem de sites. Confira a seguir:

Verificar quem enviou o e-mail

Uma dica simples, mas que já ajuda a filtrar muitos emails maliciosos. Desconfie de promoções e sorteios nos quais você não tenha participado. Lembre-se do famoso ditado de que nada cai do céu, portanto, emails com assuntos muito chamativos, normalmente sinalizam perigo e chances de golpes.

Ter cuidado com links e anexos

Anexos podem apresentar perigos para usuários de e-mail corporativo. (Imagem: Divulgação/Kaspersky)

É importante ter muito cuidado ao clicar em links e abrir anexos de mensagens recebidas. Certifique-se de que o remetente do email é um contato que você conhece ou que seja de confiança. Muitos links acabam redirecionando o usuário para páginas com vírus e/ou golpes.

É necessário ter o mesmo cuidado com os anexos, eles podem, no momento em que se faz o download do arquivo, acabar instalando programas espiões e que possibilitam ataques e problemas de segurança no computador pessoal.

Fique atento com o compartilhamento em redes sociais

Mais do que trazer visibilidade no formato de alcance positivo para uma empresa, as redes sociais também podem dar visibilidade para informações delicadas que nem sempre queremos que se tornem públicas. Por esse motivo, sempre é bom ter atenção aos conteúdos postados nas redes sociais, como e-mails corporativos e pessoais, por exemplo. Compartilhe o endereço apenas com pessoas que você queira que tenham acesso.

Denuncie e faça o bloqueio de spams

Não basta só deletar, é importante denunciar o spam. (Imagem: Reprodução/Pixabay)

Além de deletar as mensagens spam, também denuncie-as. Além de poupar tempo, evitando que o usuário siga recebendo mensagens indesejadas, a denúncia também faz com que seu provedor de e-mail não os direcione mais para sua caixa de entrada.

Usar um e-mail criptografado

Caso seja necessário ainda mais segurança no seu dia a dia, a utilização de um e-mail que seja criptografado garante segurança máxima para os usuários. Empresas de hospedagem oferecem soluções com o certificado SSL, que prevê criptografia de dados nos serviços oferecidos, como o email profissional. Quando um site ou uma solução possui certificado SSL instalado e usa o protocolo https, é considerado seguro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.