Rio de Janeiro registra primeiro caso de varíola dos macacos

Rio de Janeiro registra primeiro caso de varíola dos macacos

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 15 de Junho de 2022 às 10h41
James Hoey/Unsplash

Nesta quarta-feira (15), a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio) confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos no município. O paciente em questão é um brasileiro de 38 anos que mora em Londres (Inglaterra), mas veio ao Brasil no último sábado (11).

No dia seguinte à sua chegada, o homem procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (INI/Fiocruz). A equipe responsável encaminhou as amostras clínicas ao Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e o resultado positivo veio à tona na terça (14).

De acordo com o comunicado da SMS-Rio, o paciente está com sintomas leves, em isolamento domiciliar e sob o monitoramento da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS-Rio). Todas as cinco pessoas com quem ele tem contato frequente também seguem sob monitoramento.

A Secretaria informa, ainda, que a SVS-Rio "monitora o cenário epidemiológico nacional e internacional mantendo as unidades de saúde informadas e orientadas para vigilância, alerta e resposta a eventos de saúde pública”.

Varíola dos macacos no Brasil

A varíola dos macacos se caracteriza principalmente pelas marcas espalhadas na pele (Imagem: Dr. Noble/CDC)

Na segunda-feira (13), o Brasil confirmou o terceiro caso de varíola dos macacos. Além desses, outros seis suspeitos estavam em investigação. Com o registro oficial do quarto caso, que é esse do Rio, restam cinco ocorrências suspeitas.

O terceiro caso foi registrado no Rio Grande do Sul, e trata-se de um homem de 51 anos, que contraiu o vírus após uma viagem para Portugal. A infecção começou a ser investigada no dia 19 de maio. As outras duas ocorrências ficam em São Paulo: o primeiro diagnóstico foi anunciado na última quinta-feira (9), de um morador da capital com 41 anos, internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

A segunda ocorrência da varíola dos macacos no estado de São Paulo foi detectada em um homem de 29 anos, que está isolado em sua residência em Vinhedo, no interior do estado. Segundo a SES, ambos apresentam bom estado de saúde.

Fonte: Agência Brasil

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.