Usar micro-ondas faz mal para a saúde?

Usar micro-ondas faz mal para a saúde?

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 06 de Outubro de 2021 às 12h30

Cozinhar ou esquentar os alimentos em forno de micro-ondas é muito conveniente, pois é simples, rápido e prático. No entanto, muitas pessoas acreditam que o micro-ondas produz uma radiação prejudicial e danificam os nutrientes saudáveis. Então... esse eletrodoméstico seria seguro? Especialistas e a própria FDA (Food and Drug Administration, a agência federal do departamento de Saúde dos EUA) já têm as respostas.

Basicamente, os fornos de micro-ondas transformam energia elétrica em ondas eletromagnéticas. Essas ondas estimulam as moléculas presentes na comida para aquecê-la. Logo, trata-se de uma forma de radiação eletromagnética, semelhante à radiação dos telefones celulares. No entanto, os micro-ondas são projetados para evitar que a radiação escape.

Todos os métodos de cozimento reduzem o valor dos nutrientes, e um estudo publicado na National Library of Medicine já chegou a afrimar que o micro-ondas não reduz o valor dos nutrientes mais do que outros métodos. A análise conclui que, com algumas exceções, o eletrodoméstico em questão tende a preservar muito bem os nutrientes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: RossHelen/Envato)

Além disso, estudos apontam que micro-ondas pode minimizar a formação de compostos prejudiciais que podem se formar ao cozinhar em fogo alto. Mas os especialistas recomendam nunca levar ao micro-ondas um recipiente de plástico, a menos que seja especificamente rotulado como seguro para uso. Isso porque muitos plásticos contêm compostos que desregulam os hormônios humanos, como o BPA, que podem contaminar os alimentos quando aquecidos.

A FDA diz que a maioria dos ferimentos relacionados a micro-ondas são resultado de queimaduras relacionadas ao calor de recipientes quentes, alimentos superaquecidos ou líquidos explodindo. "A maioria das lesões não está relacionada à radiação. Dito isso, houve casos muito raros de lesão por radiação devido a circunstâncias incomuns ou manutenção inadequada. Em geral, as lesões por radiação de forno de micro-ondas são causadas pela exposição a grandes quantidades de radiação de micro-ondas que vazam através de aberturas, como lacunas nas vedações do forno de micro-ondas", aponta a agência.

Fonte: Healthline, FDA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.