Tim Cook e Eddy Cue, da Apple, foram expostos ao coronavírus em aniversário

Tim Cook e Eddy Cue, da Apple, foram expostos ao coronavírus em aniversário

Por Natalie Rosa | 17 de Março de 2020 às 10h11
Reprodução

Mais dois grandes nomes do mundo da tecnologia podem estar com o novo coronavírus: Tim Cook, CEO da Apple, e Eddy Cue, vice-presidente sênior de serviços e internet da companhia da Maçã. A suspeita surge após a notícia de que Lucian Grainge, presidente da Universal Music, foi diagnosticado com a COVID-19, duas semanas após a sua festa de aniversário, onde ambos os executivos da Apple estavam.

A festa de aniversário de Grainge aconteceu no Madison Club em La Quinta, na Califórnia, que agora está fechado para evitar a contaminação de mais pessoas. Os escritórios da Universal Music em Santa Monica também estão fechados desde que o diagnóstico foi publicado na última sexta-feira (13), pedindo para que todos os funcionários esvaziassem o prédio o quanto antes e trabalhassem de casa.

Eddy Cue e Tim Cook (Imagem: Reprodução)

A comemoração aconteceu há 15 dias, em um domingo, sendo o tempo exato de incubação do vírus. Entre os sintomas estão febre, dificuldade para respirar e dor no corpo e nos pulmões. Grainge está com 60 anos, incluído, então, no grupo de risco.

Em nota à Variety, a Universal Music confirmou a situação:

"Anteriormente, nos comprometemos a fechar imediatamente nossos escritórios caso houvesse algum caso de infecção por coronavírus em uma das localizações. Acabamos de ser informados de que há um caso de infecção de um funcionário em um de nossos escritórios. Estamos imediatamente fechando nossos escritórios em Santa Monica e exigindo que os funcionários trabalhem de casa até um novo aviso", disse a nota.

Lucian Grainge (Imagem: Reprodução)

Até o momento, a Apple não quis falar sobre a possível contaminação de seus executivos.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.