Teste muda de cor para identificar se uma ferida está contaminada por bactérias

Teste muda de cor para identificar se uma ferida está contaminada por bactérias

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 08 de Novembro de 2021 às 09h40
PolonioVideo/Envato

Pesquisadores da University of Bath, da University Hospitals Bristol e do Weston NHS Foundation (Reino Unido) desenvolveram um teste que pode mudar de cor para indicar se uma ferida está infectada com bactérias nocivas. Basicamente, a ideia da invenção é ajudar os médicos a determinar se devem prescrever antibióticos. Além disso, o teste não requer análises laboratoriais.

O teste funciona detectando fatores de virulência liberados pela bactéria, que induzem uma simples mudança de cor em uma solução. Normalmente, as amostras de feridas precisam ser analisadas em um laboratório, levando tempo, esforço e recursos significativos para identificar a infecção, e o tempo que leva é suficiente para es perder a oportunidade de combatê-la o quanto antes. É justamente isso que o novo teste pretende resolver.

A solução do teste contém pequenas vesículas (pequenas estruturas dentro de uma célula) que envolvem um corante fluorescente. Quando a amostra de uma ferida infectada entra em contato com a solução, os fatores de virulência liberados por essas bactérias fazem com que essas vesículas liberem o corante, levando à mudança de cor.

Vale dizer que o resultado do teste leva de 30 a 60 minutos para sair. “Nossa tecnologia permitirá que os profissionais de saúde tomem melhores decisões de prescrição", afirmam os pesquisadores por trás do estudo.

Fonte: University of Bath via Medgadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.