Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Surto de pneumonia infantil chega a mais países

Por| Editado por Luciana Zaramela | 05 de Dezembro de 2023 às 14h56

Link copiado!

Varyapigu/Envato
Varyapigu/Envato

O misterioso surto de pneumonia infantil que se alastrou pela China agora atinge novos lugares, como a Dinamarca, a Holanda e os EUA. A maioria dos infectados desenvolve sintomas semelhantes aos da gripe que desaparecem espontaneamente após alguns dias, mas alguns casos podem evoluir para uma inflamação mais grave dos pulmões, necessitando de tratamento e hospitalização.

A explicação dos cientistas é que esse aumento no número de consultas ambulatoriais e de internações hospitalares de crianças por pneumonia vem e um conjunto de doenças que se proliferaram após o relaxamento das medidas de proteção contra a covid-19.

Desde maio, tem se notado um aumento em casos de Mycoplasma pneumoniae, uma bactéria que provoca quadros de pneumonia em crianças. A situação se agravou justamente por conta do aumento de casos de gripe (influenza), adenovírus e vírus sincicial respiratório.

Continua após a publicidade

A pneumonia pode ser definida como uma inflamação dos pulmões, geralmente causada por infecções bacterianas ou virais. A condição afeta tecidos pulmonares mais profundos e pode levar a febre, problemas respiratórios e dor no peito. É caracterizada por uma tonalidade branca nos raios-X.

É uma época do ano em que germes respiratórios conhecidos, incluindo o vírus sincicial respiratório e a Mycoplasma pneumoniae são esperados.

Pneumonia na Europa

Apenas na última semana de novembro, foram notificados 541 casos de pneumonia por Mycoplasma na Dinamarca, segundo o Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas (Cidrap).

Entre 13 e 19 de novembro, ocorreram 103 casos de pneumonia na Holanda em cada 100 mil crianças com idades entre 5 e 14 anos. Na semana anterior, foram 80 casos relatados no mesmo grupo, conforme com o Instituto Holandês de Pesquisa em Serviços de Saúde.

OMS sobre a pneumonia

Anteriormente, quando a situação da pneumonia na China despertou a atenção do resto do mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) se posicionou: “Alguns destes aumentos [no número de infecções] ocorreram mais cedo do que historicamente registrados nesta temporada [antes do inverno], mas não são inesperados”.

Continua após a publicidade

Em 2022, a Argentina chegou a confirmar mortes por pneumonia misteriosa na província de Tucumã. O que chama atenção no caso, na época, é que a maioria dos infectados pela doença eram profissionais de saúde do mesmo centro médico.

Fonte: OMS, CDC, The Conversation