Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que animais marinhos não sobrevivem na água doce?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 12 de Novembro de 2022 às 13h00

Link copiado!

Lazy_Bear/Envato
Lazy_Bear/Envato

Você já parou para pensar por que animais marinhos não sobrevivem na água doce? Segundo os especialistas do assunto, se um peixe de água salgada for colocado em água doce, começaria a absorver muita água pelas brânquias. E ao contrário do que possa parecer, isso não é bom.

O que acontece é que, com isso, não demoraria muito para que o peixe tenha problemas com o equilíbrio de água e sal em seu corpo. Na prática, o animal chegaria a inchar. Os corpos dos animais marinhos são mais salgados do que a água doce, então eles absorvem água por osmose.

Os peixes de água doce enfrentam esse mesmo problema, mas estão adaptados para se livrar da água rapidamente, principalmente através da urina. Alguns peixes, como enguias e salmões, se movem entre o mar e a água doce alterando sua biologia, mas é preciso muita energia e tempo para fazer essa mudança.

Continua após a publicidade

Aqueles peixes que não conseguem lidar com grandes mudanças nas concentrações de sal são chamados de peixes estenohalinos: eles preferem as pequenas e aconchegantes concentrações de sal às quais seus corpos estão fisiologicamente adaptados. Já os peixes que podem tolerar e se adaptar à flutuação nos níveis de sal são chamados de peixes eurialinos.

Os peixes que vivem em água salgada absorvem a maior parte da água que ingerem e gastam energia para excretar o excesso de sal através dos rins e brânquias. Enquanto isso, os peixes de água doce excretam grandes quantidades de água e retêm a maior parte dos íons.

Com isso, conclui-se que os peixes são muito sensíveis até mesmo às menores oscilações na salinidade da água em que vivem. É por isso que é recomendado entender completamente os requisitos biológicos de um peixe antes de colocá-lo em um aquário.

Fonte: Science Focus, Science ABC