Pesquisa avalia ação de cápsulas de cannabis para tratar doenças neurológicas

Pesquisa avalia ação de cápsulas de cannabis para tratar doenças neurológicas

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 22 de Junho de 2021 às 08h20
Sharon McCutcheon/Unsplash

Uma equipe de pesquisadores da Curtin University, na Austrália, desenvolveu uma cápsula de cannabis que pode ser usada para tratar distúrbios neurológicos, como Alzheimer, esclerose múltipla e lesões cerebrais.

Quando administradas via oral em camundongos com doenças neurológicas, as cápsulas foram absorvidas pelo corpo mais rapidamente e penetravam no cérebro mais rápido do que quando foram entregues na forma líquida.

Com esta nova forma encapsulada, os pesquisadores foram capazes de melhorar a liberação de canabidiol pelo cérebro em 40 vezes em modelos animais e também proteger a droga da oxidação e degradação pela luz, o que ajuda a estender a vida útil do produto.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Novo estudo usa cápsulas de cannabis para tratar doenças neurológicas (Imagem: Matthew Brodeur)

Mais pesquisas são necessárias para entender se essas cápsulas têm sucesso em humanos, mas o artigo descreve que os resultados são muito promissores, considerando que esse novo encapsulamento parece melhorar significativamente a eficiência com a qual os medicamentos à base de cannabis podem ser metabolizados no organismo quando o foco são as doenças neurodegenerativas.

O estudo completo pode ser acessado aqui.

Fonte: PLOS One

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.