Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Novembro Azul: câncer de próstata é doença urológica mais temida por homens

Por| Editado por Luciana Zaramela | 01 de Novembro de 2023 às 17h24

Link copiado!

Twenty20photos/Envato Elements
Twenty20photos/Envato Elements

Nesta quarta-feira (1), entramos na iniciativa do Novembro Azul, destinado à conscientização acerca do câncer de próstata. Segundo uma nova posquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) com o Laboratório Adium, o câncer é a doença urológica mais temida pelos homens (58%), seguida pela impotência sexual (37%).

A pesquisa também alerta que, nos homens acima de 40 anos, apenas 32% se consideram muito preocupados com a própria saúde e 46% só vão ao médico quando sentem alguma coisa diferente.

Na ocasião, os pesquisadores perceberam que o grupo que mostrou ter maior cuidado com a saúde é aquele acima de 60 anos, com 78%. O estudo também revela que a maioria dos homens ouvidos disse saber sobre o câncer (75%) e a prostatite (59%), mas a hiperplasia prostática benigna (HPB), apesar de mais prevalente, é menos conhecida (43%).

Continua após a publicidade

A equipe da SBU explica que na HPB, a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga, aumenta de tamanho devido ao crescimento celular excessivo. A condição é mais comum em homens acima de 50 anos.

O que é aumento da próstata benigno?

Segundo divulgado pela SBU, os sintomas da hiperplasia prostática benigna envolvem:

  • Aumento da frequência de urinar durante o dia;
  • Diminuição da força e do calibre do jato urinário;
  • Dificuldade para iniciar a micção;
  • Sensação de urgência para urinar e outros sintomas relacionados ao trato urinário.

Os sintomas surgem porque o aumento do tamanho da próstata pode comprimir a uretra. Vale ressaltar que a HBP também pode interferir no funcionamento da bexiga e dos rins.

A SBU reitera que, mesmo que as dificuldades de micção sejam mais comuns com o avançar da idade, o problema não deve ser considerado aceitável e normal no envelhecimento.

Mortes por câncer de próstata

Continua após a publicidade

Entre os anos de 2019 e 2021, mais de 47 mil homens morreram em decorrência do câncer de próstata no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. Em 2021, foram 16.055 óbitos relacionados com este tipo de tumor. Por dia, a doença é responsável por cerca de 44 mortes, o que reforça a importância do Novembro Azul.

No que diz respeito ao câncer de próstata, já mostramos que o toque retal não é melhor forma de diagnóstico precoce. Outras alternativas já são conhecidas, como o exame de sangue PSA (Antígeno Prostático Específico).

Neste Novembro Azul, vale também o alerta para a próstata aumentada. Em um homem saudável de até 30 anos, a próstata tem o tamanho de uma noz, pesando entre 25 a 30 gramas. Uma próstata grande pode ser definida como aquela que pesa mais de 60 gramas. Já uma muito grande, hiperplasiada, pesa mais que 100 gramas. Mas pode chegar a 300 ou até 350 gramas. Alguns casos exigem cirurgia.

Fonte: Agência BrasilMinistério da SaúdeInca