Nova York quer vacinar turistas contra a COVID-19 — e de graça

Nova York quer vacinar turistas contra a COVID-19 — e de graça

Por Nathan Vieira | Editado por Claudio Yuge | 07 de Maio de 2021 às 20h00
BBTree2012/Envato

Parece que foi ontem que uma enfermeira de Nova York recebeu a primeira vacina contra COVID-19 nos EUA. Mas a vacinação já avançou tanto desde esse ocorrido em dezembro, que, agora, o prefeito da cidade pretende vacinar até mesmo os turistas.

A proposta do prefeito Bill de Blasio é oferecer vacinação aos turistas a partir de vans estacionadas na Times Square e em outros pontos turísticos da cidade. Mas essa é uma medida que ainda precisa da aprovação do Estado. A autorização deve ser obitda neste final de semana.

Além da Times Square, as vans devem ficar no Central Park, no Brooklyn Bridge Park e no parque elevado High Line. A vacinação se dá por meio do imunizante de dose única da Johnson & Johnson, de modo que não precisariam fazer o acompanhamento com uma segunda injeção. O prefeito já tinha anunciado a sua pretensão de solicitar imunizantes ao governo federal para o caso de necessidade, e para vacinar o maior número de pessoas possível.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Nova York quer vacinar turistas contra a COVID-19 (Imagem: Diana Polekhina/Unsplash)

A ideia é impactar, a princípio, americanos que não são nova-iorquinos. O Estado de Nova York já chegou a ser o epicentro da pandemia, e agora conta com números de imunização melhores que a média dos EUA, com 34,3% da população vacinada. Por sua vez, a cidade de Nova York planeja uma reabertura total para 1º de julho, com sinal verde à máxima capacidade dos negócios ao fim deste mês.

A vacina da Johnson & Johnson contra COVID-19 adota um vírus comum do resfriado: um adenovírus enfraquecido. A partir de sua edição genética, esse agente infecioso enfraquecido poderá transportar instruções genéticas para o corpo, o que traz uma resposta imunológica contra o coronavírus com uma única dose.

Fonte: The Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.