Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google e OMS se unem para trazer informações confiáveis ​​relacionadas à saúde

Por| Editado por Luciana Zaramela | 24 de Maio de 2023 às 10h49

Link copiado!

Mitchell Luo/Unsplash
Mitchell Luo/Unsplash

Na última terça-feira (23), o Google anunciou uma parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para trazer informações confiáveis, sob a premissa de ajudar bilhões de pessoas em todo o mundo a responder a problemas emergentes e futuros de saúde pública.

"Todos os dias, as pessoas acessam a Pesquisa do Google em busca de informações confiáveis ​​sobre várias condições e sintomas de saúde. Para ajudá-los a acessar informações confiáveis, nossos Painéis de conhecimento citam conteúdo de fontes confiáveis ​​que abrangem centenas de condições, desde o resfriado comum até a ansiedade", afirma a empresa, no anúncio.

Nessa colaboração com a OMS, a ideia é em breve expandir para cobrir mais condições, como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), hipertensão, diabetes tipo 2, varíola, ebola, transtorno depressivo, e até malária.

Continua após a publicidade

Conforme o anúncio do Google, em breve, as pessoas poderão acessar essas informações em árabe, chinês, inglês, francês, russo e espanhol em dezenas de países.

No comunicado, a equipe do Google também demonstrou a intenção de acelerar o futuro do atendimento digital, para garantir assistência médica em lugares que não possuem acesso. Em março, a empresa lançou o Open Health Stack (OHS), um conjunto de blocos de construção de código aberto para ajudar os desenvolvedores locais a criar aplicativos de saúde.

"Este trabalho faz parte de uma colaboração com a OMS para ajudar a acelerar a transformação digital dos sistemas de saúde em todo o mundo com abordagens eficazes", diz a empresa.

O Google também concedeu à organização mais de US$ 320 milhões (em conversão direta, R$ 1,5 bilhão) para ajudar a conectar o maior número possível de pessoas com informações confiáveis. para 2023, o mecanismo de busca planeja fornecer mais US$ 50 milhões (R$ 247 milhões).

A importância de informações confiáveis sobre saúde

Na pandemia, a sociedade se deparou com a importância das informações confiáveis sobre saúde, uma vez que as fake news sobre a covid-19 e sobre as vacinas se espalharam descontroladamente. Em 2021, para se ter uma noção, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) chegou a afirmar que "Fake news mata, e mata mais que vírus e bactérias."

Na época, o Google já trabalhou com a OMS em uma série de esforços para ajudar as pessoas a tomar decisões informadas sobre sua saúde, e agora a ideia é continuar com essa iniciativa.

Fonte: Google Blog