Publicidade

Fibromialgia altera atividade cerebral relacionada a dor

Por| Editado por Luciana Zaramela | 06 de Abril de 2023 às 17h40

Link copiado!

Fakurian Design/Unsplash
Fakurian Design/Unsplash

Segundo um novo estudo publicado na revista científica NeuroImage: Clinical, algumas áreas do cérebro envolvidas no processamento da dor funcionam de forma diferenciada em pacientes com fibromialgia. Em pessoas saudáveis, essas regiões garantem que a dor seja mais fácil de suportar.

Os pesquisadores sugerem que, para as pessoas com dor crônica, a incapacidade de controlar os ataques repetidos de dor é uma das causas mais significativas da qualidade de vida prejudicada. Para o estudo, a equipe comparou 21 participantes saudáveis ​​e 23 pacientes com fibromialgia. Ambos os grupos foram expostos à dor enquanto suas atividades cerebrais eram monitoradas por ressonância magnética.

Na primeira parte do experimento, os participantes foram capazes de interromper o estímulo de dor por conta própria. Na outra, era um computador que controlava o início e o fim do estímulo.

Continua após a publicidade

Quando os participantes saudáveis foram capazes de interromper o estímulo da dor, várias áreas cerebrais principalmente frontais foram ativadas e parecem desempenhar um papel importante na modulação da dor. No entanto, os pesquisadores não detectaram nenhuma dessas ativações no grupo de pacientes com fibromialgia.

Na visão dos cientistas, isso pode servir como evidência para o processamento da dor prejudicado entre os pacientes com fibromialgia, o que indica que os recursos cognitivos para lidar com a dor aguda são prejudicados nesses pacientes.

Fibromialgia

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Conforme aponta o Ministério da Saúde, a fibromialgia é uma síndrome que engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição, distúrbios do sono. Trata-se de uma forma de reumatismo associado à sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso.

Os principais sintomas da fibromialgia são dor e desconforto muscular, além de cansaço, fadiga, tristeza, depressão, dificuldade de concentração, palpitação, sensibilidade ao frio, sensação de formigamento em mãos e pés e tonteira. Os sintomas também podem provocar alteração do humor e diminuição da atividade física. Pode influenciar também no sono.

Fonte: NeuroImage: Clinical, News Medical, Ministério da Saúde